Uma plataforma global que dá voz às mulheres engajadas nas questões sociais e econômicas estará no Brasil em junho. O evento reunirá 500 participantes de todo o mundo.

O grupo Women's Forum for the Economy and the Society, fundado em 2005, virá ao Brasil, pela segunda vez, para debater o tema "Fazendo a diferença". De acordo com os organizadores, a Conferência Internacional da Mulher é a primeira a ser organizada na América Latina. A edição deste ano promete ser mais interativa e deve incluir workshops e reuniões paralelas.

Para a presidente do fórum, Veronique Morali, a reunião será uma “oportunidade de analisar como as mulheres que ocupam postos de liderança no país devem protagonizar mudanças sustentáveis e como o consistente networking entre os principais homens e mulheres do Brasil e de outros países pode fazer a diferença”.

Representantes do investimento social e dos direitos das mulheres acompanharão as palestras e debates sobre como aproveitar a exposição internacional do Brasil durante a Copa do Mundo de 2014 e a Rio 2016 para trazer benefícios sustentáveis para o país.

Haverá também oficinas direcionadas e mesas redondas com orientação prática para carreiras e liderança com sessões sobre o "fator maternidade", questões de "compliance" em grandes empresas, retenção de talentos em posições de destaque e também sobre saúde, mulheres e estresse.

Alguns palestrantes confirmados: Beth Brooke, vice-presidente Global de Políticas Públicas da Ernst & Young; Tania Braga e Fernando Cotrim, do Comitê; Organizador da Rio 2016; Celina Borges Torrealba Carpi, do Conselho do Grupo Libra (uma das maiores operadoras portuárias da América Latina); Alyse Nelson, presidente e CEO da Vital Voices Global Partnership; Jacqueline Pitanguy, fundadora e diretora da Cepia (uma das principais organizações brasileiras para a proteção dos direitos das mulheres); Sonia Regina Hess de Souza, presidente e CEO da Dudalina; e Albina Ruiz, fundadora da Cuidad Saludable (organização peruana em administração ambiental e reciclagem).

Ao conectar pessoas de todo o mundo, o evento aumenta a rede de contatos profissionais e facilita o maior engajamento entre mulheres, o que origina outras iniciativas voltadas ao empreendedorismo, à educação e diversidade.

O evento acontecerá no Grand Hyatt Hotel, em São Paulo, nos dias 17 e 18 de junho. Para conhecer mais o Fórum das mulheres veja no site.

O vídeo abaixo mostra como foi a edição no Brasil em 2012: 

Redação CicloVivo

 

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.