O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (UNODC, em inglês) anunciou que a cantora Ivete Sangalo representará a luta contra o tráfico de seres humanos no Brasil. A informação foi divulgada pela agência EFE.

Ela receberá o título de Embaixadora Nacional da Boa Vontade para Prevenção e Combate ao Tráfico de Pessoas na próxima quinta-feira (9) em Brasília. A cerimônia terá a presença do diretor-executivo do UNODC, o russo Yury Fedotov, que oficialmente visita o Brasil pela primeira vez.

O russo está no país para o lançamento da campanha “Coração Azul”, que tem como objetivo combater o tráfico humano através da mobilização da sociedade. O grupo afirma que a prática é uma "forma moderna de escravidão". A cor azul simboliza a tristeza das vítimas e lembra a insensibilidade daqueles que compram e vendem outros seres humanos. A iniciativa já foi implementada em 10 países.

"Ivete Sangalo é uma das mais respeitadas, populares e bem-sucedidas artistas do Brasil, e sua música transcende as fronteiras brasileiras. Ela já recebeu 14 nomeações e ganhou um Grammy Latino durante sua impressionante carreira. Aguardamos com grande expectativa que ela empreste seus talentos notáveis à luta contra o tráfico de pessoas”, afirmou Fedotov sobre a escolha da cantora.

A cerimônia será realizada na sede do Ministério da Justiça junto às secretarias de Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres. Os órgãos se comprometeram a difundir os objetivos do UNDOC no Brasil.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.