A partir desta quinta-feira (14), a nova bicicloteca de São Paulo vai entregar livros grátis para os motoboys que circulam pela região de Pinheiros. A ação conta com o apoio de movimentos sociais e é realizada por uma empresa de fretamento, que já distribuía livros entre seus colaboradores.

Os motoboys que trabalham para a Translig já tinham acesso a uma biblioteca comunitária dentro da empresa, criada por Rafael Bernardes. Agora, em parceria com o Instituto Mobilidade Verde, a bicicloteca – uma bicicleta cheia de livros – vai percorrer a região, entregando obras literárias e convidando os motoboys a participarem de saraus e encontros literários.

A bike que vai ocupar as ruas levando os livros aos profissionais motorizados foi customizada pelos membros do coletivo de Street Art #shn. No entanto, para todos terem acesso às obras literárias, os participantes do projeto pedem a doação de novos livros às pessoas que passarem pelo Largo da Batata nesta quinta-feira (14).

A bicicloteca é um programa de inclusão cultural criado a partir de uma iniciativa do Instituto Mobilidade Verde. Atualmente, a capital paulista conta com sete bicicletas itinerantes, as quais já distribuíram mais de cem mil livros às pessoas que circulam pelas ruas, sem distinção entre classes sociais.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.