Quarta-feira, 11 de setembro, hoje o título da Copa do Brasil de 2019 começa a ser decidido na Arena da Baixada em Curitiba (PR). Gostando ou não, o esporte move paixões e tem atenção de milhares de pessoas que, dos antigos rádios portáteis à transmissão pela internet, acompanham as partidas com afinco. É esta atenção como espetáculo que motivou o artista suíço Klaus Littmann a cobrir todo um campo de futebol austríaco com árvores. 

Nada menos que 300 árvores, algumas pesando até seis toneladas, podem ser contempladas no Estádio Wörthersee na cidade de Klagenfurt, na Áustria. Isso mesmo, contempladas. O projeto é apresentado como alerta: “um dia, talvez tenhamos que admirar os remanescentes da natureza em espaços especialmente designados, como já é o caso dos animais do zoológico”.

Nomeada “For Forest – The Unending Attraction of Nature”, a exposição é inspirada no desenho distópico do artista e arquiteto austríaco Max Peintner. A ideia é causar reações a partir do estranhamento. Uma visão “familiar” é colocada em um contexto totalmente diferente, questionando a consciência sobre a relação futura entre natureza e humanidade.

Desenho a lápis de Max Peintner, 1970/1971

Bétula de prata, amieiro, álamo tremedor, salgueiro branco e carvalho são algumas das espécies usadas para criar uma pequena floresta mista. Os visitantes podem admirar o monumento verde das arquibancadas. Um ponto interessante é que a exposição é aberta das 10h às 22h, de forma que é possível ter diferentes paisagens dependendo da hora do dia. 

Inaugurada no último domingo (8), a intervenção artística fica aberta à visitação gratuita até 27 de outubro de 2019.

As espécies serão plantadas, em uma área próxima ao estádio, após o fim da exposição.