Considerando o momento atual, a edição de 2020 da Virada Sustentável SP ampliou as possibilidades de participação para projetos que evitem aglomeração de pessoas, como projeções em edifícios, grafites, performances e exposições ao ar livre. Reforçando a importância do cuidado mútuo e o senso de coletividade, as inscrições para a 10ª edição do evento foram prorrogadas até 10 de maio de 2020.

A Virada Sustentável SP vai acontecer no segundo semestre deste ano, em data a ser confirmada. Os organizadores seguem acompanhando as recomendações vigentes de autoridades da área da saúde para anúncio da nova data.

O adiamento do edital visa promover diversas possibilidades de interação com o público que não provoquem aglomeração, abarcando projetos inovadores que contemplem com criatividade o tema da sustentabilidade em formatos como projeções, instalações, performances e exposições em espaços públicos, equipamentos culturais e escolas, além de atividades virtuais, por exemplo.

As inscrições devem ser feitas no site http://www.viradasustentavel.org.br.

Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

O edital recebe propostas de artistas, oficineiros, palestrantes, organizações, fundações, movimentos, coletivos, escolas, universidades e equipamentos culturais para integrar a programação do evento. Para participar, as iniciativas precisam ter um ou mais conteúdo relacionado aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que tratam de temas como consumo consciente, água, energias renováveis, biodiversidade, mudanças climáticas, mobilidade urbana, cidadania, inclusão social, entre outros.

“Chegamos aos 10 anos da Virada Sustentável em São Paulo em um momento em que a sociedade está refletindo sobre si mesma e o modo como vivemos. Esta edição é uma oportunidade importante para que levemos à população projetos propositivos e inspiradores sobre sustentabilidade para a sociedade, de uma forma bem ampla e contemporânea”, pondera André Palhano, idealizador da Virada Sustentável.

Inscrições

Cada proponente, sendo pessoa jurídica ou física, pode se inscrever individualmente ou como representante de um grupo e apresentar um ou mais projetos. O conteúdo apresentado será analisado por comissões julgadoras especializadas.

Poderão participar desde projetos que necessitem de divulgação (adesões), e queiram constar na programação oficial da Virada Sustentável SP, a propostas que precisam de financiamento para serem realizadas. Não serão aceitos projetos de cunho partidário ou religioso ou que estimulem qualquer tipo de discriminação de função de raça, credo ou condição social.

Em 2019, os quatro dias de programação gratuita do evento reuniram mais de 600 atrações e atividades distribuídas pela Grande São Paulo, com público total chegando a cerca de um milhão de pessoas.

Mais informações: http://www.viradasustentavel.org.br