hortas urbanas sítio sampa
Foto: Reprodução | Vimeo
- Publicidade -

Localizado no bairro do Jaguaré, na divisa dos municípios de São Paulo e Osasco, o Sitio Sampa começou há 5 anos como um projeto de recuperação ambiental e fomento de hortas urbanas. Um terreno que foi usado como ponto de descarte de entulho por 40 anos deu lugar a um espaço de produção orgânica certificada em cerca de 6 mil metros quadrados.

“Acreditamos que retomar a cultura em torno da produção e consumo dos alimentos é fundamental para lutarmos por uma sociedade mais sustentável, saudável e combater a insegurança alimentar”, defende Guilherme Maruxo, um dos fundadores do Sítio Sampa.  

Depois de muito trabalho e aprendizado para começar a produzir e vender alimentos orgânicos dentro do maior centro urbano do país, o projeto quer ampliar a sua atuação para fomentar ainda mais as hortas orgânicas urbanas, compartilhando o conhecimento adquirido e também insumos para a produção, a preço justo.

- Publicidade -

“Uma das maiores dificuldades para começar uma horta urbana é o acesso à mudas, terra, adubos e equipamentos. Os insumos vem de fora da cidade o que significa dificuldade de acesso e custos”, explica Vivian Schaeffer, fundadora do Sitio Sampa.

hortas urbanas sitio sampa
Foto: Reprodução | Vimeo

No início de 2020, a equipe do Sítio Sampa fundou o Instituto Caju, incluindo a arte como ferramenta para difundir informações e fortalecendo a cultura brasileira, com suas músicas, festas, lendas e histórias sobre a produção de alimentos.

“O resgate desta cultura alimentar dentro dos centros urbanos é vital e urgente!”

Vivian Schaeffer, fundadora do Sitio Sampa
hortas urbanas sítio sampa
Foto: Reprodução | Vimeo

O próximo passo nesta jornada já está definido: a construção de um mudário e a criação de uma cooperativa de hortas urbanas, garantindo o acesso à mudas, conhecimento e insumos para que mais pessoas e coletivos possam plantar alimentos orgânicos dentro da cidade. Produtores de hortas menores, por exemplo, acabam pagando muito caro por não comprarem grandes quantidades, o que inviabiliza muitos projetos.

hortas urbanas sítio sampa
Foto: Sítio Sampa

No mudário, serão produzidas mais de 150 mil mudas de hortaliças orgânicas, temperos, PANCs, ervas medicinais e flores, além de 6 mil mudas de árvores frutíferas nativas.

Já a criação da cooperativa tem como objetivo garantir o acesso aos insumos, fortalecer hortas urbanas já existentes e possibilitar a criação de novas áreas de plantio na cidade, por meio da troca de conhecimento e apoio.

Financiamento coletivo

Para financiar o mudário e a cooperativa, o Sitio Sampa lançou uma campanha de financiamento coletivo com duas metas. A primeira de R$ 20 mil será usada para o plantio de 150 mil mudas de alimentos, ervas medicinais e flores. A segunda meta, de R$ 50 mil, será destinada ao plantio das 150 mil mudas e também de 6 mil árvores frutíferas nativas, além da criação da cooperativa.

O fundo Todo Cuidado Conta é um dos apoiadores da campanha e irá duplicar a verba arrecadada. Quem quiser contribuir com a iniciativa pode entrar no site da campanha – benfeitoria.com/mudariositiosampa – e escolher uma das recompensas ofertadas. Entre as recompensas estão um curso de plantio com kit de mudas, cestas de orgânicos, aulas de culinária com PANCs, meditação guiada, visita à uma cervejaria e até aulas de percussão.

Para saber mais, acesse: benfeitoria.com/mudariositiosampa

- Publicidade -