O programa de aceleração da Cervejaria Ambev chega à sua segunda edição com foco em inovação e busca startups com soluções para os principais problemas socioambientais da atualidade. Este ano, a Aceleradora 100+ aumentou o prêmio e oferece R$ 100 mil à vencedora, além da oportunidade de ir para a sede da ONU em Nova York apresentar sua ideia a fundos globais de investimento de alto impacto. Startups e empreendedores em diferentes níveis de maturidade de negócios podem inscrever seus projetos até o dia 31 de outubro.

“Ficamos muito contentes com os resultados da primeira edição, mas, além do último ano, estamos olhando para os próximos 100”, disse Rodrigo Figueiredo, vice-presidente de Sustentabilidade e Suprimentos da Cervejaria Ambev. Sobre a primeira edição, Rodrigo comemorou: “Em um ano, a gente conseguiu fazer tanta coisa legal e isso mostra que, juntos, podemos causar um grande impacto e fazer do mundo um lugar melhor”. Em 2018, a companhia investiu mais de R$ 3 milhões no programa e em acordos comerciais, e selecionou 21 startups entre mais de 400 inscritas. Dessas, onze continuam com pilotos sendo desenvolvidos pela Cervejaria e três foram selecionadas para apresentar os projetos na sede da AB InBev, em Nova York. 

Como parte do programa, cada startup tem um funcionário da Cervejaria Ambev como mentor, que a ajuda a desenvolver a ideia do negócio. Isso permite que startups de diferentes estágios possam se inscrever. Ano passado, por exemplo, a Green Mining estava começando a criar uma tecnologia de blockchain inédita de logística reversa para mapear e centralizar a coleta de embalagens de vidro de bares e restaurantes. Desde então, a companhia já coletou mais de 200 toneladas de vidro e já celebrou 10 parcerias e acordos nacionais e internacionais.

Possibilidade de contratos

Ainda como resultado da primeira edição, algumas startups desenvolveram muito mais do que projetos pilotos. Dentre as selecionadas para o programa, oito aceleradas tiveram, ainda, a oportunidade de fechar contratos de altos valores com a Cervejaria Ambev. Somados, os acordos superam R$ 2 milhões.

Para se inscrever, os interessados devem fazer o cadastro em aceleradora.ambev.com.br e propor uma solução para um dos 10 desafios que contemplam as maiores questões ambientais da atualidade, indo de economia circular até desperdício de água e redução de emissões de carbono. Cerca de 15 startups serão selecionadas para participar do programa.

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.