Foram anunciados pela Neve®, marca da multinacional americana Kimberly-Clark, os vencedores da iniciativa Neve®, O Desafio,  programa de aceleração que fez parte do projeto global Banheiros Mudam Vidas, lançado em 2016, para atuar diretamente em busca de melhorias para a realidade do saneamento básico em diversas regiões.

Segundo dados do Instituto Trata Brasil, cerca de 100 milhões de pessoas no Brasil não possuem coleta de esgoto, quase metade da população brasileira (47,64%). Dessas, 13 milhões são crianças e adolescentes, sendo que 3,1% delas não apresentam sequer um sanitário em casa.

O programa contou com mais de 80 inscrições de organizações com foco no desenvolvimento de soluções para a área de saneamento básico e que desenvolvem tecnologias para solucionar o problema de coleta e tratamento de esgoto. Na segunda etapa, dez delas foram escolhidas para uma aceleração de cinco meses com mentores especializados e com mais de 60 profissionais voluntários das mais diversas áreas de Kimberly-Clark. A consultoria Sense-Lab e o Instituto Iguá Sense-Lab foram parceiros do projeto.

Entre as iniciativas vencedoras estão: Taboa Engenharia, Biosaneamento, 10Envolver e Saneamento Básico Rural, e BioMovement (HomeBiogas e BioToilet). Ao final do processo, as 10 organizações apresentaram suas soluções para uma banca composta por executivos e especialistas do setor.

Os critérios de seleção levaram em consideração alguns pontos de escolha:  relevância da solução para o contexto e o tema de tratamento de esgoto sanitários em áreas isoladas, efetividade da solução (viabilidade e tecnologia), potencial de escala do impacto (em termos de pessoas e/ou comunidades atendidas), sustentabilidade do modelo financeiro da iniciativa, potencial de construção de redes e parcerias, além de visão estratégica e capacidade de execução.

Premiações

Os quatro vencedores foram contemplados com um capital-semente de R$ 50 mil cada e mais seis meses de mentoria adicional.  “O problema de saneamento básico afeta a vida de milhões de pessoas no Brasil. Um projeto como o Banheiros Mudam Vidas é muito significativo para nós. Ficamos muito orgulhosos com a possibilidade de conseguir levar mais dignidade a diferentes comunidades”, comenta Patricia Menezes, Diretora de Family Care da Kimberly-Clark.

Foto: Divulgação

Conheça as iniciativas premiadas

Taboa Engenharia – A Taboa é uma empresa formada por dois engenheiros, Leonardo Adler e Tito Cals Lopes de Almeida, que propõem alternativas à centralização do saneamento em zonas isoladas. Acreditam que o tratamento tido como tradicional por todos os governos e poderes públicos não é a solução para se chegar à universalização. Trazem o saneamento ecológico como solução para o projeto, que tem como objetivo realizar o tratamento do esgoto o mais próximo possível de onde ele é gerado, além de transformar os resíduos efluentes em algum subproduto.

Biosaneamento – Criado há cerca de um ano, por Luiz Alberto Altmann Fazio e Marcel Boccia, o projeto Biosaneamento mais do que uma tecnologia, traz a associação da intervenção com a solução do problema em regiões com falta de saneamento. O propósito é também a universalização do saneamento básico. Como solução para Neve – O Desafio trouxeram o biodigestor de modelo chinês com anéis de concreto. Um dos objetivos é avaliar o contexto e o território para encontrar a forma de intervenção que melhor atende os moradores de cada região onde atuam. 

BioMovement (HomeBiogas e BioToilet) – A iniciativa trabalha a implantação de sistemas HomeBiogas e Bio-Toilet em comunidades desconectadas da rede de esgoto tradicionais, que reduzem o volume de resíduos sólidos enviados para aterros sanitários e os gastos com operações de coleta e transporte, ao mesmo tempo que produzem de forma segura uma energia renovável. Como solução, o sistema traz um processo biológico sem oxigênio capaz de converter resíduos orgânicos (cascas de frutas, por exemplo) em energia, como gás de cozinha. A iniciativa foi idealizada por Amanda Benadiba e Aline Teixeira da Fonseca e Silva.

10Envolver e Saneamento Básico Rural – O projeto 10 Envolver, idealizado por Luís Ricardo de Souza Corrêa e Juliana Lemes da Cruz, traz como solução a fossa séptica biodigestora, que é um sistema de tratamento do esgoto doméstico, desenvolvido pela EMBRAPA, em 2003, para atender comunidades rurais. Esse sistema é composto por três caixas coletoras com 1.000 litros cada uma. Tais caixas ficam enterradas no solo, funcionam conectadas exclusivamente ao vaso sanitário e são interligadas entre si por tubos e conexões de PVC. O objetivo é garantir às comunidades rurais o acesso a um direito básico que é o saneamento básico.

Mais sobre Saneamento Básico

Segundo dados do Instituto Trata Brasil, de 2018, cerca de 100 milhões de pessoas no Brasil não possuem coleta de esgoto, quase metade da população brasileira (47,64%). Dessas, 13 milhões são crianças e adolescentes, sendo que 3,1% delas não apresentam sequer um sanitário em casa.

Dados do instituto revelam ainda que menos da metade (45,1%) do esgoto gerado no Brasil é tratado, sendo o restante é descartado irregularmente no meio ambiente, impactando negativamente a saúde e agravando quadros de doenças como diarreia, febre amarela, leptospirose, malária, esquistossomose e dengue, principalmente. Em 2017, a incidência de internações por doenças como essas foi de 12,46 internações por 10 mil habitantes.

Praticamente 35 milhões de cidadãos não recebem água tratada e só 49% das moradias no país são atendidas por redes coletoras de esgoto.  No Brasil como um todo, apenas 2.126 municípios (38,2%) informaram ter Política Municipal de Saneamento Básico em 2017.

Banheiros Mudam Vidas

O projeto Banheiros Mudam Vidas foi lançado no Brasil pela marca Neve®, em 2016. A primeira etapa do projeto foi realizada na Amazônia, em parceria com o UNICEF e impactou 230 mil pessoas. Em 2017, foi lançada a segunda etapa, um piloto da marca apoiando o empreendedorismo social. Na época, foi selecionado um projeto que tratou de criar uma tecnologia de sanitário seco adaptada aos diversos climas e regiões do Brasil. Foram implementados 18 banheiros durante a iniciativa.