Início Arq & Urb Mobilidade Trabalhar de casa é melhor para o meio ambiente?

Trabalhar de casa é melhor para o meio ambiente?

Em pesquisa, 77,6% dos brasileiros dizem que o home office pode ajudar a reduzir a poluição

623


home office

Em razão do Dia DO Meio Ambiente, a LogMeIn Inc. realizou uma pesquisa com trabalhadores de escritório de todo o mundo – “Trabalhadores Ecologicamente Conscientes”, conduzida pela OnePoll. O levantamento mapeia os hábitos dos trabalhadores de escritório de diversos países, incluindo o Brasil, e foi realizado nas últimas três semanas de março.

Em destaque estão os impactos positivos da implementação do trabalho remoto no meio ambiente. Quando perguntados de que maneira o home office poderia beneficiar suas vidas, a maioria dos mais de 2250 respondentes da pesquisa em nível global citaram o fato do trabalho em casa ajudar a reduzir a emissão de gases poluentes, reduzindo, assim, o impacto ambiental que produzem.

Opinião dos brasileiros

No Brasil, este é o principal benefício para 77,6% dos trabalhadores consultados. A maioria dos trabalhadores de escritório brasileiros usa o carro como meio de transporte (66,67%) ou transporte público (27,11%), o que faz com que grande parte dos brasileiros (88,4%) digam estar frequentemente preocupados em relação ao impacto ambiental que causam durante o deslocamento para o trabalho – 49,2% dizem até se sentir culpados por conta disso.

Além de ajudar no meio ambiente, a pesquisa revela que o trabalho remoto também é solução para diversos outros desafios do dia a dia dos brasileiros, incluindo: a possibilidade de adotar uma agenda mais flexível (76,80%); economia de dinheiro com transporte e cuidados das crianças (44%); melhor qualidade de vida e felicidade (54%); e, até, aumento na produtividade (56,8%).

“É bastante interessante observar que 77,6% dos trabalhadores de escritório consultados no Brasil acreditam que trabalhar de casa é uma das maneiras mais eficazes de ajudar o meio ambiente”, pontua Vanessa D’Angelo, Head de Marketing para a LogMeIn na América Latina.



Digite seu email para receber nossas últimas notícias!