projetos bicicleta
Foto: Unsplash

A bicicleta é uma ferramenta acessível e também o meio de transporte mais eficiente em distâncias de até 7km, sendo indicada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como modal a ser priorizado durante a pandemia. Potencializando a mobilidade, a geração de renda, a logística, o lazer, a saúde, a cidadania e o direito à cidade, ela pode ser uma ferramenta estratégica na construção de um pós-pandemia mais sustentável, humano e democrático.

Para fomentar essa narrativa, o Bike-a-thon surge como uma maratona de inovação social para apoiar ideias, negócios, projetos e outros formatos que, através da bike, colaborem para o fortalecimento de territórios de baixa renda do Brasil durante a pandemia, e também no pós-Covid. O projeto é uma iniciativa do Aro com o Itaú e as inscrições estarão abertas até o dia 01 de dezembro.

Buscamos ideias que pretendam melhorar as condições de vida, fortalecer economias locais, promover a mobilidade segura e a reativação dos espaços públicos nos territórios em que estão inseridas. As 5 ideias vencedoras receberão um prêmio no valor de R$ 5 mil/cada para serem desenvolvidas.

O representante de cada proposta receberá o valor de R$500 para viabilizar a sua participação na imersão e no evento de premiação. Ao final, as 5 iniciativas ganhadoras receberão o prêmio final para dar andamento à ideia.

As propostas pré-selecionadas serão as 10 melhores conforme os critérios:

  • Adequação ao perfil do prêmio
  • Conhecimento da realidade e do problema
  • Potencial de Impacto Social
  • Viabilidade e Imprescindibilidade do investimento
  • Inovação

Os projetos escolhidos passarão por uma formação online de 3 dias com mentorias sobre Impacto Social e Bicicleta, Gestão de Inovação Social (ciclo de prototipação e mensuração de impacto) e Modelo de Sustentabilidade Financeira.

Podem se inscrever no edital: coletivos e grupos de pessoas físicas (representados por uma pessoa maior de 18 anos), empresas e organizações públicas, pequenos empreendedores (MEI e ME) e pessoas jurídicas com ou sem fins lucrativos não-governamentais de todo o Brasil.

Sobre o Aro

O Instituto Aromeiazero é uma organização sem fins lucrativos que utiliza a bicicleta para reduzir as desigualdades sociais e contribuir para tornar as cidades mais resilientes. Os projetos contam com patrocínio de empresas e pessoas físicas, além de leis de incentivo, sendo grande parte das ações em periferias e comunidades vulneráveis. ​​Desde 2011, as iniciativas do Aro promovem uma visão integral da bicicleta, potencializando expressões culturais e artísticas, geração de renda e hábitos de vida saudáveis.