Se era um estímulo que os funcionários do Ministério Público Federal em Pernambuco (MPF-PE) precisavam para aderir a bike como meio de transporte desde a semana passada eles conseguiram. Isso porque, aqueles que optarem por fazer o trajeto casa-trabalho terão direito a uma folga.

Mas, não adianta querer enganar andando apenas um dia. O servidor deverá ir de bicicleta até o edifício-sede da Procuradoria da República por, pelo menos, 15 dias úteis do mês. A entrada será controlada e registrada pelos vigilantes. Ao completar a quinzena, o funcionário encaminha uma declaração ao chefe administrativo que concederá o direito a um dia de descanso. 

A portaria n° 46/2015 que estabelece a iniciativa foi publicada no fim de fevereiro, segundo informações do G1, antes, porém, foi criado um vestiário no local para os funcionários que quiserem tomar banho antes de começarem a trabalhar.

Muitos países têm incentivado o uso da bicicleta no cotidiano, um exemplo ocorre na França onde empresas chegam a pagar 25 centavos de euro a cada quilômetro rodado por seus colaboradores, confira aqui. De início, fazer o trajeto pode parecer difícil, mas é tudo uma questão de planejamento e adaptação. O CicloVivo já listou algumas dicas para quem quer começar, veja aqui.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.