entrega bicicleta delivery
Foto: Paolo Feser | Unsplash
- Publicidade -

A entrega de encomendas, refeições e outros itens em centros urbanos é um serviço que demanda velocidade e eficiência. Pessoas e empresas contam com o delivery para facilitar a rotina. Compras online, cada vez mais presentes no nosso dia a dia, dependem deste serviço.

Mas, esta entrega, quando realizada por veículos movidos à combustíveis fósseis, soma ao custo do produto o impacto ambiental: emissão de gases de efeito estufa que contribuem para as mudanças climáticas.

A boa notícia é que o uso de bicicletas para os serviços de entrega não só pode diminuir consideravelmente a pega da ecológica do delivery como aumentar a sua velocidade e eficiência. É o que mostra um estudo realizado em Londres, na Inglaterra, pela instituição de caridade Possible.

- Publicidade -

O relatório The Promise of Low Carbon Freight, lançado recentemente, apresenta um estudo relevante para o uso de bicicletas para fins comerciais. Usando dados de GPS, os pesquisadores compararam as rotas percorridas por bicicletas de carga em Londres com as rotas que as vans teriam de seguir para entregar os mesmos pacotes.

delivery justo curso
Foto: Brett Jordan | Unsplash

Os resultados revelam que as bicicletas foram, em média, 1,61 vezes mais rápidas do que uma viagem equivalente de van e conseguiram entregar mais pacotes no mesmo tempo que as alternativas motorizadas.

O estudo avaliou 98 dias de trabalho e, neste período, as bicicletas ajudaram a evitar a emissão de que cerca de 3,8 toneladas de dióxido de carbono e mais de 5,5 quilos de óxido de nitrogênio na atmosfera.  

Usando estes números como base, é possível afirmar que, substituir apenas 10% do frete de vans por bicicletas economizaria até 133,3 mil toneladas métricas de dióxido de carbono e 190,4 mil quilos de óxido de nitrogênio por ano.

Os autores reconhecem que a avaliação inclui viagens que já são realizadas por bikes, o que significa que  são trajetos adequados a este meio de transporte. Mas também ressaltam que estudos anteriores, estimaram que “pouco mais da metade de toda a logística de carga motorizada em áreas urbanas poderia ser feita por bicicleta de carga”.

Muitos benefícios

delivery bike
Foto: Pixabay

Os benefícios do uso de bicicletas para serviços de entrega vão muito além do impacto ambiental: passam por benefícios para a saúde física dos profissionais de delivery, pela redução nas mortes nas estradas e benefícios sociais. A demanda reduzida por espaço viário e estacionamento também deve ser levada em consideração.

“Só em Londres, entre 2015 e 2017, vans e grandes veículos de carga, como caminhões, juntos estiveram envolvidos em 32% do total de colisões fatais. As 213.100 vans que pertecem a londrinos, quando estacionadas do lado de fora, ocupam cerca de 2.557.200 m² de espaço viário, o equivalente a quase o dobro do tamanho do Hyde Park”, ressalta o estudo.

Com base nos resultados, o relatório traz uma série de recomendações de políticas urbanas que favoreçam o uso de bicicletas para entregas, cobrança de taxas para o transporte motorizado de cargas, aumento da potência e velocidade máxima permitida para bicicletas e scooters elétricas, transparência e facilidade nas licenças para entregadores que usem bicicletas, além da construção de estacionamentos seguros para bicicletas.

Leia também:

8 razões para incluir a bike na sua rotina

Cápsula em NY abriga 10 bicicletas em uma vaga de carro

- Publicidade -