A empresa alemã Mobikon criou um novo tipo de veículo híbrido, que mistura as características de um trem com as de uma bicicleta. Projetado para transportar até sete passageiros, o trem que pode ser pedalado se desloca em uma linha férrea desativada em território alemão, a qual liga as cidades de Mörlenbach e Wald-Michelbach.

Além de incentivar os usuários do meio de transporte a pedalar, a alternativa sustentável também reaproveita os trilhos que estavam sem uso, mesmo ligando dois municípios. O veículo que se desloca na antiga linha férrea utiliza uma tecnologia chamada Solar Draisine, que dá auxílio elétrico ao meio de transporte por meio de painéis fotovoltaicos instalados na parte superior da estrutura.

A criação do modal sustentável não representa apenas um avanço para a mobilidade urbana: com o híbrido sendo pedalado na via férrea, a Alemanha reaproveita os trilhos desativados, que demandaram custos de implantação no passado. Além disso, o auxílio elétrico do sistema de geração de energia solar cria um novo ramo para a indústria de painéis fotovoltaicos.

Esta não é a primeira solução a aliar as bikes ao transporte férreo na Alemanha, país que tem um grande número de ciclistas: em Stuttgart, os trens de uma linha são equipados com um vagão externo, em que os ciclistas estacionam suas bicicletas durante a viagem, retirando-as ao desembarcar. Com informações do Mobilize.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.