como coletar água da chuva
Foto: Open Source Communities
- Publicidade -

Uma estrutura acessível para coleta e armazenamento de água da chuva para consumo foi projetada pelo estúdio de design queniano BellTower. A ideia do projeto é ajudar as nações emergentes a fornecer água potável a seus cidadãos.

Intitulada “Comunidades de código aberto”, o protótipo, como o nome indica, é exemplo de como o planejamento inteligente de código aberto e o design acessível podem ser usados para fornecer fontes sustentáveis de água limpa.

Entre mais de duas mil inscrições de 79 países diferentes, o projeto venceu o Grand Prix do Lexus Design Award de 2020. Trata-se de um prêmio promovido pela Lexus, divisão de veículos da Toyota. 

- Publicidade -

O concurso possui critérios de julgamento baseados em três princípios-chave: Antecipar, Inovar e Cativar na busca de um Amanhã Melhor.

“Nossa jornada começou com muitos desafios. No entanto, perseveramos em mostrar nosso conceito ambicioso. Nossa experiência nos ensinou lições valiosas ao longo da vida. Todos os nossos projetos futuros serão alinhados com os princípios-chave que aprendemos”, afirmou o designer John Brian Kamau, da BellTower, ao receber o prêmio.

protótipo coletor de água da chuva
Imagem: Open Source Communities

Ao falar sobre a inspiração para o coletor de água, o time de profissionais explica que seus amigos e familiares ainda sofrem da mesma necessidade básica: falta de água potável. “Como equipe, tentamos resolver os problemas do nosso país. Nossa ideia foi inspirada em nossa gente”, disse Arvin Booker Kamau, também designer na BellTower. 

Arvin explicou que a estrutura que retém a água tem elementos de design cultural e tribal africano. 

Sistema coleta água da chuva

A estrutura é projetada para ser fabricada com peças pré-fabricadas de materiais locais e baratos. Desta forma, uma unidade pode ser erguida por cinco construtores em 10 dias.

As paredes da estrutura são feitas com bambu, plástico 100% reciclado e sem uso de produtos químicos. A ideia é que seja isolante e impermeável. 

O teto é composto por um telhado fixo e outro ajustável. O primeiro possui ângulo de 30º e deve receber placas solares, orientadas para o sul. Assim sendo, há captação máxima de radiação solar e perda mínima de água.

protótipo coletor de água da chuva
Foto: Lexus | Divulgação
protótipo coletor de água da chuva
Foto: Lexus | Divulgação

Já o telhado moldável funciona mecanicamente com contrapeso. Isso garante a entrada de iluminação e ventilação natural. O formato também assegura maior captação de água da chuva: é possível recolher 10 mil litros de água em 30 minutos de chuva pesada. 

A água que entra no sistema vai direto para um filtro biológico capaz de remover 99% das bactérias e matar 88% dos vírus. O líquido então é encaminhado para torneiras com pedal, de forma que o usuário possa retirar a água com o mínimo de contato possível. 

água da chuva
Foto: Open Source Communities

Toda essa estrutura tem um custo de 10 mil dólares e a ideia é que possa servir para uma comunidade inteira. Os idealizadores explicam que se em uma região com mil moradores cada um investir 1 dólar por mês, em 10 meses a comunidade pode ser proprietária do sistema. 

Ao longo do tempo, a estrutura poderia até gerar renda para a comunidade. Segundo o estúdio de design, cada 20 litros de água pode ser comercializado por um centavo.

Design em prol de soluções

O escritório BellTower foi fundado em 2014 no Quênia pelos designers John Brian Kamau, Joyce Wairimu Gachiri, Ian Githegi Kamau, Esther Wanjiku Kamau e Arvin Booker Kamau. Desde o início, a ideia era usar sistemas e tecnologias de código aberto para resolver problemas. 

Eles se uniram para criar uma equipe com habilidades em Gestão de Riscos, Tecnologia da Informação, Design, Gestão de Projetos e Estratégia para construir um modelo de comunidade de código aberto para necessidades pessoais, corporativas e industriais.

coleta água da chuva
Foto: Lexus | Divulgação
coleta água da chuva
Foto: Lexus | Divulgação

“O vencedor do Grand Prix expande nossa definição de design para incluir sistemas de financiamento para projetos comunitários e envolve o papel crítico que a água potável desempenha na capacidade dos cidadãos de prosperar”, afirma a arquiteta Jeanne Gang, fundadora do Studio Gang, ao anunciar o projeto do BellTower como vencedor do Grand Prix do Lexus Design Award.

“Abordando a forma como o projeto será criado e sustentável economicamente, os designers ampliam nosso pensamento sobre o que é e o que pode ser o design. Embora o projeto seja um aparato para coletar e armazenar água da chuva para consumo seguro, também é um plano de jogo financeiro para empoderar uma comunidade”, completou a arquiteta. 

LEIA TAMBÉM:

- Publicidade -