Entre tantos arranha-céus modernos na cidade de Taichung, no Taiwan, o Sky Green certamente é destaque. Repleto de vegetação nas varandas dos apartamentos, a edificação ganha vida e respiro em meio à cidade que agrega museus, templos e a forte tradição da comida de rua. Projetado pelo escritório de arquitetura WOHA, de Cingapura, foi inaugurado em novembro deste ano.

“Em 2012, a WOHA foi convidada pelo governo da cidade e pela Universidade Feng Chia para trazer a sua exposição “Arquitetura de respiração” para Taichung. Esta exposição fez parte de um programa realizado pelo governo que se concentra nos princípios de design de sustentabilidade, baixas emissões de carbono e cidades inteligentes. O governo estava em processo de elaboração de novas regras para fazer de Taichung uma cidade mais verde e mais habitável em sua próxima fase de desenvolvimento”, conta o escritório de arquitetura pelas redes sociais.

A construção foi encomendada pela empresa Golden Jade, tendo a Universidade Feng Chia como conselheira. A ideia era projetar um edifício de uso misto e sustentável no coração da cidade, o primeiro de seu tipo em Taichung. O resultado é um imóvel que inclui apartamentos residenciais e lojas de varejo, bem como instalações de lazer generosas em duas torres.

Sky Green

O edifício é voltado para a principal via da cidade, onde há diversos estabelecimentos comerciais, em uma área densamente construída. As mudas de árvores aliviam a sensação de caos que é tão comum em ambientes urbanos.

Com duas torres residenciais, parte do prédio possui apartamentos com varandas amplas que abrigam árvores e parte é coberto por trepadeiras. Além de toda a beleza que a vegetação traz, tanto para os inquilinos quanto para os transeuntes, o interior de cada imóvel é protegido do calor intenso podendo oferecer ar mais fresco e mais limpo.

Fotos: Koumin Lee | WOHA

Abaixo das residências estão os apartamentos comerciais, cujo acesso às lojas se dá por passarelas arborizadas.

Todos os apartamentos são projetados para permitir a entrada de luz e ventilação natural. Jardins internos, terraços e até piscina arrematam o edifício dos sonhos de qualquer morador de grandes cidades.