O escritório Levisky Arquitetos, sediado em São Paulo, foi o responsável por transformar um reservatório de água em um parque na região leste da capital paulista. A estrutura foi inaugurada no último final de semana e conta com uma área de 21 mil metros quadrados.

O Parque Sabesp Mooca foi uma estratégia usada pela Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo para oferecer área verde e de lazer, ao mesmo tempo em que coloca a população em um contato mais próximo com a água.


Imagem: Divulgação

Além do espaço livre, o local também conta com o Museu Aberto da Água, uma rota lúdica de aprendizagem sobre o ciclo das águas, com informações sobre o caminho que esse recurso percorre desde o manancial até chegar às casas.


Imagem: Divulgação

O parque foi construído com sistemas pré-fabricados seguindo o conceito de obra seca. Este formato garante a economia de água e reduz a geração de resíduos. O projeto também contou com a utilização de pisos drenantes nos passeios públicos e pavimentos.

O complexo conta com quadra poliesportiva, área gramada livre, playground infantil, praça de contemplação sobre o reservatório, espaços de convivência, postos de coleta seletiva e bicicletário, para incentivar os visitantes a usarem o meio de transporte alternativo.


Imagem: Divulgação

O Parque Sabesp Mooca está localizado na Avenida Paes de Barros, 2.107 e já está aberto ao público. Para completar o projeto paisagístico, o local receberá o plantio de 142 árvores e três mil arbustos e trepadeiras.  


Foto: Divulgação


Foto: Divulgação

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.