- Publicidade -

O arquiteto e paisagista norte-americano Charles Jencks leva muito mais do que beleza aos jardins que planeja. Um dos exemplos da grandiosidade de seus projetos é apelidado de “The Garden of Cosmic Speculation” – O jardim da especulação cósmica.

Como o nome já diz, ele é muito mais do que uma área verde. Cada um de seus detalhes foi pensado para dar ao visitante noções sobre a formação do Universo. A estrutura está situada em Dumfris, na Escócia, e trata-se de um complexo paisagístico, formado por 25 jardins.


Foto:Charles Jancks

- Publicidade -

A paisagem conta com diversos níveis e em cada um deles os visitantes podem vivenciar uma experiência diferente, até mesmo entender a distorção entre espaço e tempo causada por um buraco negro. O topo representa o tempo e, conforme vão descendo, as pessoas caminham em direção ao passado, aprendendo sobre os últimos 13 bilhões de anos em evolução cósmica.


Foto:Charles Jancks

O The Garden of Cosmic Speculation está localizado em uma propriedade particular. Por conta disso, ele é aberto ao público apenas uma vez ao ano. No entanto, este não é o único projeto do tipo idealizado por Jencks.

Conforme descrito em seu próprio site, um dos objetivos do paisagista é descobrir as relações entre o grande e o pequeno, entre a ciência e a espiritualidade e entre a paisagem e o universo. Portanto, esses itens estão presentes em cada um de seus trabalhos.


Foto:Charles Jancks


Foto:Charles Jancks


Foto:Charles Jancks


Foto:Charles Jancks


Foto:Charles Jancks

Redação CicloVivo

- Publicidade -