- Publicidade -

O projeto “Corona Save the Beach” inaugurou na última semana, em Roma, o primeiro hotel feito inteiramente de lixo. A construção possui cinco quartos e é revestida com 12 toneladas de resíduos retiradas de praias europeias.

O hotel possui 8 metros de altura e 12 de largura e levou apenas três dias para ficar pronto. É uma construção razoavelmente pequena, mas que traz grandes ideais em sua essência. Essa foi a forma escolhida pela ONG ambiental para impactar e conscientizar as pessoas sobre a quantidade de detritos despejados nas praias.

A primeira cliente do hotel temporário foi a modelo dinamarquesa Helena Christensen, que também é ativista ecológica. A “Corona Save the Beach” garantiu que “a estadia está disponível a todos que querem demonstrar seu interesse pela limpeza da costa”.

- Publicidade -

Fonte: Terra

- Publicidade -