- Publicidade -

Os Hashis (aqueles palitinhos usados para comer comida oriental) podem ser mais do que simples talheres. Bilhões e bilhões de hashis são descartados anualmente no mundo, e é estimado que aproximadamente 25 milhões de ávores de bambu sejam sacrificadas para isso.

Foi pensando nisso que o americano Bryan Parks, que morou muitos anos na China, criou a Kwitza Kraft, sua linha de peças de decoração feitas de hashis reutilizados.

A empresa que poduz luminárias, fruteiras e até bolsas disponibiliza seus produtos no site ou na loja Vivavi.

- Publicidade -

Outro designer, Joseph Palmer’s, criou chinelos feitos com hashis. A sola dele é feita da camurça de um antigo mural de avisos, a base é feita com os hashis, as tiras são de uma antiga mala, e todo o resto foi costurado com fio dental.

 

Fonte: Coletivo Verde

- Publicidade -