O escritório italiano Stefano Boeri Architetti é famoso por transformar apartamentos em verdadeiras florestas verticais. O conceito, que está presente em Milão, França e China (só para citar alguns), agora chegará na nova capital do Egito.   

No deserto, ao leste do Cairo, está sendo construída a nova capital administrativa do país. O plano é faraônico. Haverá universidades, hotéis, centros de convenções, hospitais e até um aeroporto. Também os principais órgãos do governo serão transferidos para lá. Ainda sem nome, a nova cidade também abrigará o projeto do escritório italiano que propõe erguer três blocos de apartamentos repletos de vegetação. Eles foram projetados para funcionar como um hotel e dois prédios residenciais, sendo todos para a empresa imobiliária egípcia MISR Italia Properties.

Em forma de cubo, cada prédio terá 30 metros de altura e 30 metros de largura. Ao longo dos edifícios cerca de 350 árvores serão plantadas, além de 14 mil arbustos de 100 espécies diferentes. Cada varanda ganhará vegetação, mas haverá diferença entre os apartamentos -, que vão desde a variedade de alturas até tempos diferentes de floração. Isso garantirá uma beleza mais natural, mais próximo do que seria uma floresta e menos como uma jardinagem padronizada e sem personalidade. Em comum, todas espécies serão adequadas ao clima local. 

As plantas vão fornecer sombreamento natural, ajudar a resfriar os apartamentos e melhorar a qualidade do ar circundante. O estúdio estima que as plantas serão capazes de absorver sete toneladas de dióxido de carbono e produzir oito toneladas de oxigênio por ano.

Para Stefano Boeri Architetti, o conceito de florestas verticais é como uma forma de “sobrevivência ambiental nas cidades contemporâneas”, que busca promover a “coexistência da arquitetura e natureza em áreas urbanas”. Já presente em diversas cidades do mundo, este será o primeiro no continente africano.

O projeto é realizado em parceria com a designer egípcia Shimaa Shalash e a paisagista italiana Laura Gatti. A previsão é que a construção tenha início já no próximo ano, em 2020, e seja concluída até 2022.

Informações do projeto

Projeto: Stefano Boeri Architetti

Sócio fundador: Stefano Boeri

Sócio responsável e diretor de projeto: Francesca Cesa Bianchi

Parceiro local: Shimaa Shalash

Líder de projeto: Eleonora Grassi

Equipe

Projeto de conceito do masterplan: Carlotta Capobianco, Sara Gangemi, Panela Federico, Shilong Tan, Ele Ruoyu

Projeto de conceito de construção: Diego Ballini, Jacopo Colatarci, Benedetta Cremaschi, Paloma Herrero Ermakova, Narvaez Hana, Marco Neri, Ele Ruoyu

Imagens: The Big Picture

Consultor botânico e paisagístico: Laura Gatti Studio

Cliente: MISR italia propriedades