A temporada de férias inclui muitas festas e comemorações, em especial, no fim de ano. Nessa época um dos itens que se espalham pela casa são as rolhas das bebidas. O que para muitos representa apenas mais resíduos, para designers ecológicos pode significar ótimas matérias-primas para a construção de novas peças.

Uma dica do designer Alkesh Parmar é utilizar as rolhas dos vidros de champanhe para fazer uma luminária moderna. A ideia surgiu quando ele percebeu a quantidade absurda de rolhas desperdiçadas em bares e restaurantes.

Parmar é um artista plástico britânico e neste trabalho ele montou manualmente cada cortiça no lustre com lâmpadas individuais. Em 2011, o profissional formou-se no Royal College of Arts (RCA) e ganhou destaque com o projeto Apeel.

O Apeel, segundo a Revista Casa Vogue, foi a criação de uma material totalmente diferente e 100% biodegradável, feito com casca de laranja. Dessa forma, Parmar cria sua marca reutilizando materiais e criando produtos mais ecológicos.

Já o trabalho feito com rolhas de champanhe foi batizado por ele de "lustre celebração". No site da RCA ele afirma seu gosto pela reutilização. “Estou engajado na reflexão sobre processos de ‘re-materialização’, materiais que estão sendo transformados de uma esfera a outra, especificamente materiais que normalmente estão destinados a se tornarem resíduos”.

As luminárias do artista são feitas para decorar diferentes ambientes, como salas de estar, restaurantes e bares. Para cada projeto há uma maneira diferente de construir o lustre e colocá-lo como parte da decoração. Com informações do Ecochunk.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.