Parece uma ilha tropical cercada por vegetação, mas se trata de um espaço de coworking em Los Angeles, Califórnia, que abriga 60 escritórios curvilíneos com telhados amarelos. Cada espaço funciona como uma cápsula envolvida pela farta natureza circundante.

Batizado de Second Home, trata-se de uma filial de um coworking (de mesmo nome) que já existe em Londres desde 2015. Deste primeiro se manteve principalmente o uso de curvas, que inclusive é uma marca do escritório espanhol SelgasCano, responsável por ambos os projetos. Mas, o maior diferencial é, sem dúvidas, a vegetação: são 6.500 plantas e árvores plantadas.

As espécies são do sul da Califórnia, portanto adequadas às condições locais. Mas, quem vai regar tanta planta? Para isso, a empresa instalou um “controlador inteligente” que faz o serviço conforme a necessidade. O local mais verde e mais bonito melhora a experiência dos trabalhadores, que habitam a segunda cidade mais populosa dos Estados Unidos.

Cada escritório varia em tamanho, sendo que o maior tem capacidade para 25 pessoas. Em formato oval, eles são feitos com madeira laminada cruzada e parcialmente enterrados no subsolo -, o que otimiza suas qualidades isolantes. Já as paredes transparentes de acrílico permitem a contemplação do verde exterior.

Foram projetados ainda caminhos de madeira, que incentivam a interação entre os profissionais de cada escritório. Pátios ao ar livre com decks de madeira também contribuem para tal socialização.

Entre as áreas abertas ao público, há livraria, restaurante e salas de reuniões, que poderão ser usadas, gratuitamente, por instituições de caridade locais. Espaço ainda inclui auditório para 200 pessoas onde serão realizadas palestras, exibições, música e apresentações em geral.

Fotos: Iwan Baan | Second Home.