casa de terra
Foto: Federico Cairoli
- Publicidade -

O escritório paulista Arquipélago Arquitetos foi além dos tons terrosos na decoração e decidiu apostar na terra do chão ao teto. A escolha pelo uso da técnica construtiva da taipa de pilão pode soar ultrapassado, mas não há nada mais atual do que apostar em materiais naturais em projetos de arquitetura.

Mesclando técnicas tradicionais e elementos contemporâneos nasceu a Casa Cunha – em referência ao município no interior de São Paulo onde está localizada a construção. O lar está em meio a uma região montanhosa em que predomina o azul do céu, a vegetação e o marrom do chão de terra. 

“Para proteger a casa dos ventos frios, foi feito um corte de um metro de terra, a fim de semienterrá-la. Desse corte surgiu todo recurso construtivo para a execução das paredes da casa: a terra”, explica a equipe do projeto. O resultado é uma residência levemente inclinada.

- Publicidade -
Fotos: Federico Cairoli

Além de servir como proteção estrutural, as paredes de taipa garantem isolamento térmico. Enquanto janelas e portas de vidro proporcionam entrada de iluminação natural. 

A casa de taipa possui os quartos voltados para o norte e a sala para nordeste, assim pode se manter aquecida naturalmente no inverno.

No interior, também foram usados tijolos e terra queimada de uma olaria local, que extrai o barro da região. Há por exemplo lareira e o fogão à lenha – ambos de terra – que contrastam com móveis modernos. 

O teto é revestido de madeira e a cobertura é impermeabilizada. A madeira ainda se faz presente no piso e em painéis verticais, que formam uma barreira natural para filtrar a luz do sol e também para dar mais privacidade.

Cômodos amplos, estruturas de madeira, além de poucos móveis, criam um ambiente minimalista. Poderia ser desolador (ainda mais estando em um local tão remoto), mas os tons avermelhados ajudam a levar o aconchego ao lar. Do alto do morro, a Casa de taipa ainda tem a vantagem de ter uma vista espetacular da paisagem ao redor. 

O projeto rendeu ao escritório de arquitetura de São Paulo o 1° lugar no Prêmio IAB-SP (Instituto de Arquitetos do Brasil), na categoria projeto residencial, na edição de 2018.

- Publicidade -