- Publicidade -

A Electrolux acaba de anunciar uma nova linha de aspiradores de pó feitos com plástico coletado dos oceanos. Cada um dos cinco aspiradores possui uma capa feita de plástico encontrado em diferentes locais, como os oceanos Pacífico e Índico e os mares do Atlântico Norte, Mediterrâneo e Báltico.

A capa é aplicada sobre a estrutura convencional de um aspirador de pó Electrolux Ultra One Green. Cada um deles demonstra como a poluição dos plásticos nos oceanos é um problema mundial. Os modelos são diversos para mostrar que o detalhamento do problema é diferente em cada região.

“Cada aspirador será único, dependendo do tipo de plástico que encontrarmos”, diz Cecília Nord, vice-presidente do departamento de sustentabilidade e assuntos ambientais da Electrolux. “Se estivermos na Suécia, o tipo de lixo que encontraremos terá vindo do Norte da Europa. Quando coletamos plástico na Thailândia, ele é completamente diferente”, completa ela.

- Publicidade -

Por exemplo, os plásticos coletados na praia de Bohuslän, no oeste da Suécia, consistem principalmente em embalagens de detergentes e amaciantes. O plástico, retirado da Suécia, não perdeu sua cor, assim como os que foram encontrados nos grandes oceanos. As partículas são grandes, possuem cores fortes e, muitas delas, estavam cobertas de óleo.

A companhia fez parcerias com organizações e voluntários para coletar o plástico, fazendo do projeto uma grande oportunidade para educar pessoas sobre o problema do plástico nos oceanos.

A Electrolux reconhece que utiliza grandes quantidades de plástico em seus produtos, e que eles têm grande impacto ambiental. Fazer peças feitas de plástico coletado dos oceanos não é exatamente uma solução sustentável, mas isso ajuda a empresa a focar na redução do consumo do plástico e a incentivar os consumidores a reciclar.

Segundo a Electrolux “os aspiradores de pó encarnam o paradoxo do plástico: os oceanos estão cheios de lixo plástico, ainda sim, em terra há uma escassez de plástico reciclado para a produção de aparelhos sustentáveis. A Electrolux produz o aparelho Green Rage com 70% de plástico reciclado, mas pretende alcançar os 100%”.

“Nossa intenção é trazer a conscientização para a situação e necessidade da reciclagem do plástico. Já atingimos 60 milhões de pessoas em nossa campanha, até agora, e vamos continuar com a iniciativa devido a grande sucesso”, completa Nord.

Segundo dados divulgados pelo Programa das Nações Unidas pelo Meio Ambiente (PNUMA) o plástico que entra em decomposição nos oceanos é responsável pela morte de mais de um milhão de aves marinhas, além de prejudicar outras espécies como tartarugas, tubarões e centenas de peixes.

Confira o vídeo com mais detalhes sobre o projeto da Electrolux:

[VIDEO:electrolux_vac_from_the_sea]

- Publicidade -