Artista inglês cria painel infravermelho com controles remotos reaproveitados

O artista inglês Chris Shen utilizou uma boa dose de criatividade para encontrar uma nova utilidade a controles remotos descartados. Recentemente ele transformou centenas desses objetos em uma escultura que reflete raios infravermelhos.

Ao todo a obra de arte, chamada de INFRA, contou com a utilização de 625 controles remotos que já não tinham utilidade. Os pequenos equipamentos foram descartados por seus donos por motivos diversos e já não serviam para trocas os canais de televisores.

Em declaração ao site Slam Hype, Shen explica que o intuito do projeto é conseguir, de certa forma inverter os papéis ligados à utilidade dos controles. “Este dispositivos se tornarão a própria TV, explorando a tecnologia de infravermelho. Espero fornecer uma visão sobre um mundo que é, por sua própria natureza, invisível”, informou o artista.

Shen utilizou uma grande armação de metal, em formato de tela, onde os controles foram dispostos enfileirados, com as lâmpadas infravermelhas voltadas para fora. Os modelos são diferentes em formatos e tamanhos, mas isso não importa, já que a única necessidade para o efeito final é que as lâmpadas funcionem adequadamente.

As luzes atuam como pixels em uma tela, proporcionando um espetáculo alternativo e inusitado. Através da utilização de óculos especiais, as pessoas que visitam a exposição conseguem enxergar os pequenos raios infravermelhos emitidos pelos controles. O trabalho está exposto no Protein’s 18 Hewett Street, em Londres.

Acompanha no vídeo abaixo uma pequena demonstração deste espetáculo e de todo o trabalho do artista na montagem da obra:

 

Redação CicloVivo