No Japão será aberta a primeira fábrica especializada na reutilização e reciclagem de baterias de íons de lítio de veículos elétricos. A unidade, localizada na cidade de Namie, será operada pela 4R Energy Corporation, uma joint venture entre a Nissan e a Sumitomo Corporation.

Problema

Com o aumento no número de carros elétricos, a disponibilidade de baterias de íons de lítio usadas deverá subir significativamente no futuro próximo. E é já esperado que os compradores da primeira geração de carros elétricos queiram substituir seus veículos. Como dar conta então de possível problema? A Nissam afirma que a reciclagem e a refabricação dessas baterias terão um impacto substancial no segmento. Isso vai afetar a demanda por novos materiais, o meio ambiente e a sociedade como um todo.

Reutilização como solução

Fundada em 2010 pela Nissan e pela Sumitomo Corporation, a 4R desenvolveu um sistema que mede rapidamente o desempenho de baterias usadas. A empresa planeja aplicar essa tecnologia inovadora a baterias coletadas em todo o Japão.

A fábrica servirá como centro global para o desenvolvimento e fabricação da 4R. As baterias recicladas e refabricadas serão usadas para oferecer a primeira bateria substituível trocável do mundo para veículos elétricos. Além disso, serão usadas em sistemas de armazenamento em larga escala e empilhadeiras elétricas. A unidade é a primeira fábrica nova da cidade de Namie desde que a cidade foi devastada pelo terremoto e tsunami do Japão em março de 2011, e deve ajudar a revitalizar a economia local.