Realizada pela Secretaria Municipal da Saúde, de prefeitura de São Paulo, em parceria com o Instituto Saúde e Sustentabilidade, a “Virada da Saúde” acontecerá entre os dias 7 e 12 de abril. O evento nasce para aproximar a sociedade do tema saúde e da importância de viver em um ambiente saudável e sustentável nos grandes centros urbanos.

Para facilitar, a programação está sendo construída em torno de quatro grandes eixos: Médico-Assistencial, com mutirões assistenciais de prevenção, diagnóstico e tratamento; Bem Estar, com atividades de esporte, lazer, nutrição, yoga e práticas meditativas; Educação, por meio de palestras, rodas de conversa, painéis e jogos; e Cultura, com exposições, teatro, filmes e intervenções artísticas sobre o tema saúde.

Durante o evento serão mais de cem atrações e atividades gratuitas criadas para promover a saúde como parte do dia-a-dia de crianças a idosos. Dentre os exemplos, o público poderá sentir o que é viver com ar limpo e saudável, conhecer (por dentro) o funcionamento do intestino, participar de mostras de vídeo e rodas de conversa sobre o luto, depressão e saúde da mulher e poderá conhecer o “Calouros Brasil” que vai alcançar a rua com intervenções sobre temas sensíveis à saúde.

O público ainda terá oportunidade de sentir na pele a realidade de deficientes físicos com ajuda da tecnologia e participar do ‘Inspira São Paulo’ – um ciclo de palestras com renomados profissionais de saúde e qualidade de vida.

“Queremos mostrar que existe uma série de oportunidades para se alcançar qualidade de vida utilizando um discurso positivo, algo que vá além da visão assistencial e da doença. O papel do cidadão na promoção de sua própria saúde e de seus familiares e amigos durante sua vivência nos centros urbanos é o que mais conta nos dias atuais”, explica Evangelina Vormittag, diretora presidente do Instituto Saúde e Sustentabilidade.

As atividades acontecerão simultaneamente em diversos parques da cidade. Fábricas de Cultura Sesi/FIESP e Itaú Cultural também participarão da programação, além de centros culturais, museus e a rua, que será palco de atividades lúdicas e propostas inéditas nesse tema. 

Acompanhe a programação no site Virada da Saúde.

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.