O chá é uma das bebidas mais populares do mundo. Consumido frio ou quente, faz parte de hábitos e culturas: enquanto os britânicos tem a sagrada hora do chá, muitos orientais realizam até hoje cerimônias do chá carregadas de significados.

Alguns estudos apontam que esta é a segunda bebida mais consumida no mundo. E não é à toa. A escolha é bastante saudável, uma vez que o chá praticamente não tem calorias, ajuda na hidratação e ainda pode trazer muitos benefícios relacionados às ervas e folhas usadas na preparação.

Entre os diversos tipos de chá, o chá verde se destaca pelos benefícios. Diferente de alguns tipos de chá que são fermentados ou torrados, as folhas do chá verde são cozidas no vapor, garantindo uma concentração maior de antioxidantes.

Veja alguns dos benefícios do chá verde:

Aumenta a longevidade

Pesquisadores entrevistaram cerca de 100 mil pessoas sem históricos de problemas cardíacos, derrames ou câncer. Todos participaram de um projeto que abordava o prognóstico de certas doenças em 15 províncias chinesas. Aqueles que mantiveram o hábito de tomar chá constantemente, especialmente chá verde, mostraram uma redução nos riscos de doenças cardiovasculares associadas a formação de placas, além da redução de risco de morte por outras causas. O estudo foi publicado pelo periódico European Journal of Preventive Cardiology.

“Os efeitos protetores do chá foram mais notados entre aqueles que tem o hábito consistente de consumir a bebida. Estudos sugerem que os principais ativos do chá, os polifenóis, não são armazenados pelo corpo a longo prazo, portanto a ingestão contínua se faz necessária para os efeitos cardiovasculares”, explica o  Dr. Dongfeng Gu, da Academia Chinesa de Ciências Médicas.

Equilibra os níveis de colesterol

Muitos estudos avaliaram a ligação entre o chá verde e a saúde do coração, de acordo com a Universidade de Harvard. Alguns pesquisadores demonstraram que os antioxidantes presentes no chá verde podem ajudar a bloquear o colesterol “ruim” (LDL) e contribuir para o aumento do colesterol “bom” (HDL), o que tem um efeito positivo nas funções arteriais e evita doenças cardíacas.

Reduz inflamações

De acordo com um estudo publicado pela BioMed Research International, o chá verde também contêm poderosos antioxidantes chamados catequinas, que atuam no Sistema imunológico estimulando reações anti-inflamatórias. Processos inflamatórios são associados a várias doenças como câncer, diabete, problemas cardíacos artrite reumatoide, além de outros quadros e doenças inflamatórias.

Ajuda a controlar o peso

Estudos menores exploram a relação entre a ingestão de chá verde – ou consumo de extrato da planta – e o controle de peso corpóreo. De acordo com um estudo publicado no periódico Physiology & Behavior, esta característica pode estar relacionado à cafeína e catequina presentes no chá verde, que atuam no metabolismo e na queima de gordura pelo corpo.

Protege contra certos tipos de câncer

Muitos estudos clínicos mostram que tanto o chá verde quanto o chá preto podem nos proteger, não necessariamente prevenir, de alguns tipos de câncer.  De acordo com pesquisa da University of Maryland Medical Center, os polifenóis do chá verde podem contribuir para matar células cancerígenas e diminuir o seu progresso.

O estudo envolveu o impacto do chá verde em casos de câncer de seio, próstata, pele e bexiga. Estudos sobre os efeitos do chá verde em casos de outros tipos de câncer apresentaram resultados conflitantes.

Regula os níveis de glicose

Outras pesquisas conduzidas pela University of Maryland Medical Center descobriram que a suplementação diária com estrato de chá verde diminuiu os níveis de hemoglobina A1em pacientes com diabetes.

Como garantir os benefícios?

A maioria dos estudos clínicos aponta é indicado tomar até 3 xícaras de chá verde por dia. O ideal é consumir o chá fresco, feito em casa, ao invés das opções industrializadas, que muitas vezes incluem açúcar.

Nota do CicloVivo

Antes de começar a ingerir chá verde, ou qualquer tipo de suplementação com efeitos na sua saúde, é necessário consultar um profissional da área médica. É importante ressaltar que o chá verde pode trazer efeitos colaterais e existem casos de interação com outros medicamentos e suplementos.