mata atlântica reflorestamento
Foto: Facebook | Iniciativa Verde
- Publicidade -

Muito se fala das emissões de carbono geradas por grandes empresas, mas a verdade é que todos nós temos uma pegada de carbono. Viagens que fazemos, produtos que consumimos, geração de lixo, consumo de energia elétrica – todas estas atividades emitem gases que contribuem para as mudanças climáticas.

Além de repensarmos nossos hábitos e escolhas, é possível diminuir e até “zerar” nossas emissões por meio do plantio de árvores que, junto com os oceanos, são um dos principais mecanismos de captura de carbono do planeta. Existem estudos que apontam que para compensar nossas emissões, cada pessoa deveria plantar, em média, 6 árvores por mês.

- Publicidade -

Plantar árvores não é uma tarefa tão simples, principalmente em grandes centros urbanos, onde falta espaço e tempo para a grande maioria das pessoas. Como compensar então nossa pegada de carbono?

A boa notícia é que podemos fazer isso sem sair de casa. A Iniciativa Verde é uma plataforma que oferece esta possibilidade para pessoas e empresas e contribui para projetos de reflorestamento da Mata Atlântica.

Seja “Carbon Free”

Para participar, o primeiro passo é calcular sua pegada de carbono. A ferramenta usada é uma calculadora de CO2 bastante simples, onde você insere seus hábitos de consumo e outros dados como transportes utilizados em viagens e deslocamentos diários.

A Serra da Mantiqueira tem um enorme potencial para o reflorestamento da Mata Atlântica. Foto: Iniciativa Verde

Com este inventário pessoal, a plataforma aponta escolhas que podem ser repensadas – aquelas que geram maior quantidade de emissões – e também oferece a possibilidade de compensar sua pegada de carbono por meio do plantio de árvores no programa Amigos da Floresta.   

Quem participa contribui com o valor necessário para o plantio de árvores nativas de um dos biomas mais ricos em biodiversidade do mundo em áreas de preservação, ação que é monitorada pela Iniciativa Verde.

Ao compensar suas emissões, você recebe o selo Carbon Free e um certificado com o número de árvores plantadas e a quantidade de gases de efeito estufa compensada.

Que tal dar este presente para o planeta no Dia da Mata Atlântica?

- Publicidade -