- Publicidade -

Nesta segunda-feira (14), Dia Internacional de Luta contra as Barragens, mais de 200 pescadores de Altamira, Vitória do Xingu, Belo Monte, Senador José Porfírio e Porto de Moz, no Pará, fazem uma manifestação contra a construção da Usina de Belo Monte. 

Eles vão reunir todos os barcos em uma romaria fluvial e aportarão em Altamira, em frente à sede da Eletronorte, por volta das 12h. No local, serão recebidos por suas mulheres e filhos que, a partir das 8h, tecerão redes no local para simbolizar a unidade das populações ameaçadas pela hidrelétrica.  

No período da tarde, os pescadores, representantes de movimentos sociais e moradores da cidade farão um ato político, com a exibição de filmes e atividades culturais, para conscientizar a população e chamar a atenção das autoridades para os impactos da construção da usina.

- Publicidade -

Após o ato, lideranças das comunidades pesqueiras participam de entrevista e, em seguida, será servido um almoço com os peixes trazidos pelos barcos.  Os peixes que não forem consumidos serão doados a instituições de caridade em Altamira.

Da Agência Brasil

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -