- Publicidade -

Os banhistas que resolveram passar o último domingo (8) na praia do Cabo Frio e Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, foram surpreendidos por uma mancha de óleo que invadiu a praia.

Como o óleo se concentrava no fundo da areia, não era possível visualizá-lo da superfície do mar. Diversas pessoas saíram da água com manchas causadas pela substância. Além do óleo, foram encontrados cinco pinguins mortos em Peró, uma praia da Região dos Lagos.

A origem do material ainda é desconhecida. Mas, segundo a agência da Capitania dos Portos, em Cabo Frio, uma equipe de inspeção naval foi enviada à diversas praias de Arraial do Cabo e Cabo Frio, para coletar materiais que sejam capazes de determinar o tipo de óleo que contaminou as praias e o responsável pelo vazamento.

- Publicidade -

A análise da amostra será feita pelo Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira, em Arraial do Cabo, e o laudo deve ficar pronto em 20 dias.

A Petrobras ajudou a Marinha na contenção do vazamento. Porém, sua assessoria de imprensa informou à rede Globo, que a empresa não tem qualquer relação com a mancha.

Com informações do G1

+ Ranking dos 10 piores lugares para extrair petróleo inclui pré-sal brasileiro

+ BP consegue, finalmente, conter vazamento de petróleo no Golfo do México

- Publicidade -