- Publicidade -

O estudante sueco Omer Haciomeroglu desenvolveu uma tecnologia que promete reduzir significativamente os impactos ambientais das demolições. O robô criado por ele facilita este serviço e ainda permite que os resíduos sejam reaproveitados.

O setor de construção civil é um dos principais responsáveis pela emissão de gases de efeito estufa em todo o mundo. A fase de demolição tem uma parcela importante de culpa nisso. Além das nuvens de poeira, são geradas toneladas de entulhos e os maquinários usados para o serviço gastam muita energia.

Pensando em uma solução para isso, o jovem designer sueco projetou um robô que torna a demolição mais prática e limpa. A criação, apelidada de Ero, foi uma das vencedoras do concurso Internacional Design Excellence Award, na edição 2013.

- Publicidade -

Com design simples, mas altamente funcional, o robô é capaz de demolir diferentes estruturas sem poeira e ainda fazendo a separação dos resíduos. Para alcançar este objetivo, o equipamento utiliza uma técnica de pulverização e desconstrução inteligente. Usando um jato de água para quebrar a superfície do concreto, ele vai aos poucos desfazendo a estrutura.

A água em alta pressão permite que o cimento e outros resíduos sejam separados. Para que a opção fosse ainda mais eficiente, o estudante aplicou uma função em que a água usada para demolir volta para o sistema e é reutilizada. Os outros materiais podem ser descartados adequadamente e até mesmo reaproveitados. Com informações do Inhabitat.

Redação CicloVivo

- Publicidade -