Chuvas causam desastres no Rio e Zeca Pagodinho auxilia vítimas

As fortes chuvas que atingem o Rio de Janeiro levaram destruição a diversas regiões do estado. Entre os locais mais afetados está o distrito de Xerém, na baixada fluminense, Angra dos Reis e a região serrana, que permanecem em estado de alerta.

O cenário repete os desastres ocorridos nos últimos anos em que os temporais de verão causaram enchentes e deslizamentos. Em 2011, o desastre ocorrido na região serrana do Rio foi considerado a terceira pior catástrofe natural, em número de mortes, do mundo.

Novamente a população sofre com a destruição. Conforme registrado pelos repórteres da Agência Brasil, em Xerém uma pessoa foi morta, outra está desaparecida, enquanto centenas de pessoas ficaram desabrigadas após terem suas casas destruídas pela força da correnteza.

Angra dos Reis foi considerada pela Defesa Civil o município mais afetado pelo temporal. A vulnerabilidade da cidade, devido à grande quantidade de encostas, fez com que fosse necessária a realização de ações urgentes de evacuação. O trabalho resultou na retirada de 2.380 pessoas de suas residências.

A região serrana permanece em estado de alerta, devido ao aumento já identificado do nível do Rio Paquequer. Para reforçar a atenção, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) anunciou que as pancadas de chuva e trovoadas devem se estender até o próximo domingo (6). Dessa forma, as autoridades locais e a população permanecem em atenção máxima.

Zeca Pagodinho ajuda a salvar vítimas das enchentes

O cantor Zeca Pagodinho participou da mobilização de auxilio aos moradores de Xerém. Morador local, Zeca possui um sítio e uma casa no distrito e informou que sua propriedade foi parcialmente afetada pelas chuvas.

Na manhã da última quinta-feira (3) o sambista era visto circulando pela região com sua filha. Conforme informado pelo G1, o cantor distribuiu cestas básicas e roupas em abrigos instalados na região. Ao falar à equipe de reportagem, Zeca pediu atenção da Defesa Civil e disse que estará sempre perto para ajudar seu povo. 

Redação CicloVivo