- Publicidade -

O Projeto Corredor Ecológico, que vai preservar e restaurar 150 mil hectares de Mata Atlântica na região do Vale do Paraíba, finalmente saiu do papel e teve seu início oficial. O projeto, iniciado em 2006, pretende plantar 200 milhões de árvores nos próximos dez anos.

Importantes associados fazem parte dessa empreitada em prol da Mata Atlântica. Santander, Fibria, Instituos Ethos, Fundação SOS Mata Atlântica são alguns dos colaboradores que investirão R$ 3 bilhões para plantar 200 milhões de árvores.

O Corredor Ecológico envolve não somente a recuperação do meio ambiente, mas também de pessoas que habitam a região do Vale do Paraíba. Para isso, foram desenvolvidas alternativas que estimulam a participação da comunidade na preservação e, ao mesmo tempo, proporcionam alternativas rentáveis a esses moradores.

- Publicidade -

A parte paulista do rio Paraíba do Sul, na região onde será implantado o projeto, é importante para o abastecimento de 10 milhões de pessoas, incluindo 90% da região metropolitana do Rio de Janeiro. Para que essas águas continuem disponíveis em abundância e qualidade é necessário cuidar muito bem da área florestada que o cerca.

Para maiores informações sobre o projeto acesse www.corredordovale.org.br

- Publicidade -