praça agroecológica
Foto: Fabiano Horta | Divulgação

O bairro de Araçatiba, na cidade de Maricá (RJ), ganhou uma praça agroecológica onde estão sendo produzidas hortaliças, verduras, ervas e frutas. A colheita vai para os próprios moradores. Em tempos em que é tão urgente pensar na segurança alimentar, este é um belo exemplo a ser copiado.

A praça agroecológica possui 36 canteiros, em mais de 2 mil metros quadrados, onde são cultivados plantas ornamentais, medicinais e aromáticas. Um deles é inclusivo para deficientes.

Para manter o plantio bem cuidado foi implantado o sistema de irrigação por gotejamento. Já para evitar bichinhos indesejados está sendo adotado o rodízio de culturas e diversificação de espécies.

Não deixando de lado as funções que uma praça comum deveria cumprir, o espaço abriga também academia ao livre para jovens e adultos e playground para as crianças.

Batizada de Praça Emilton Santos, a praça foi idealizada pelo prefeito da cidade, que, aliás, possui um sugestivo sobrenome – Fabiano Horta.

“O sentido vai muito além do que os nossos olhos podem ver. Além do plantio e colheita das hortaliças, bem no coração da cidade, o projeto vem para valorizar nossa terra, integrar um pouco da nossa área rural com a cidade e ressignificar essa relação através dos nossos espaços públicos”, afirmou o prefeito em sua página no Facebook.

Além de estreitar a relação dos moradores com a terra, o projeto busca inspirar a população sobre a viabilidade do plantio urbano, mesmo em pequenos espaços. A cada novo fruto, um novo estímulo para colocar a mão na massa.

Salsinha, alface, cebolinha, mostarda, tomate cereja, beterraba e almeirão foram alguns dos alimentos livres de agrotóxicos já colhidos e distribuídos fresquinhos para a população local. Quem passa pela praça ganha mudas de hortaliças, além de informações sobre plantio, manutenção e colheita de alimentos.