É incrível pensar que todos os utensílios que temos em casa podem ser reaproveitados. Até mesmo as pequenas latinhas de atum ou sardinha. O CicloVivo selecionou algumas dicas de como reutilizá-las na decoração.

Luminária de velas

Tire a tampa das embalagens, com a ajuda de um abridor de latas, e os rótulos. Embale-as com papel contact, tecido ou outro tipo de papel que queira reaproveitar, como papel de presente velho, por exemplo. Passe o barbante envolta da lata e amarre-o na parte superior. Se quiser mais segurança, faça um pequeno furo na embalagem para passar o barbante e amarrar a ponta que fica no interior da lata. Depois, é só pendurá-las em um cabide e colocar pequenas velas. Para ver o passo a passo completo clique aqui.


Fotos: Croissant and Lavander

Vasinhos

Latinhas de atum podem servir de vasinhos. Para fazer uma peça de decoração realmente diferente coloque pregadores em torno de toda a lata. Não deixe espaço entre eles. Decore as peças a seu gosto. Na imagem da galeria é possível ver que o artista colocou corações de cartolina, o que deu um toque romântico ao ambiente. Clique aqui para ver todo o passo a passo.


Fotos: Family Chic

Porta joias de coração

As latas podem ser usadas para guardar pequenos objetos. Novamente, inspire-se para criar objetos originais, como transformar o formato redondo da lata em um coração e usá-la para guardar joias e acessórios. Para isso, corte a tampa e dobre a lata duas os três vezes até chegar ao formato de coração. Use a tinta spray de sua preferência para decorar a peça. Veja aqui todo o passo a passo.


Fotos: Family Chic

Alfineteiro

Elas também podem ser usadas como agulheiro ou alfineteiro. Para fazê-lo, basta revesti-lo com feltro e decorar com linha de bordado. Decore com rendas, adesivos de flores. Com fibra acrílica faça a almofadinha e depois é só colar dentro da lata.


Fotos: We folk art

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.