Prestes a dar à luz seu segundo filho, a cantora Shakira convidou seus fãs a participarem de um chá de bebê social. Assim como fez antes do nascimento de Milan, a colombiana e o marido, o jogador de futebol, Gerard Piqué, trocaram a ideia de receber presentes pessoais, para que as pessoas fizessem doações para crianças carentes.

O evento é feito através de uma parceria com a Unicef e foi batizado de “Chá de Bebê Mundial”. Através de uma página oficial, os fãs e interessados em participar podem escolher os presentes, fazer a doação e ainda enviar um cartão com mensagens pessoais à família.


Foto: Reprodução/Facebook

As opções disponibilizadas pela Unicef são todas relacionadas a projetos que cuidam de crianças vulneráveis. Os presentes vão desde itens baratos, de apenas US$ 4, como vacinas contra poliomielite, até um combo com kits para recém-nascidos, que contém todos os itens básicos para garantir os primeiros cuidados de 50 crianças, pelo valor de US$1.956.

A primeira edição do chá de bebê foi considerada um sucesso. O casal conseguiu arrecadar: 3,8 toneladas de comida terapêutica, para salvar crianças da desnutrição, aproximadamente 80 mil vacinas contra poliomielite, 200 mil kits de reidratação e mil redes de proteção contra mosquito, para proteger as crianças contra a malária, entre outras coisas.

Em sua página oficial, Shakira explicou que quer ir ainda mais longe dessa vez. “Agora que nós estamos prestes a ser pais pela segunda vez, nós gostaríamos de dar um passo além: permitindo que os chás de bebês filantrópicos sejam acessíveis a qualquer um”, escreveu. Para isso, a colombiana incentiva as futuras mamães a incluírem os presentes solidários em seus próprios eventos, para que mais crianças carentes recebam ajuda.

“Todos os bebês merecem ter o melhor começo possível, porque todos nós podemos e devemos ajuda-los”, lembrou a cantora.

Clique aqui para participar e doar.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.