O jovem ator e cantor norte-americano Lou Wegner tem apenas 16 anos e já evitou a morte de mais de 20 mil animais de estimação desde 2010, quando fundou a organização Kids Against Animal Cruelty (livremente traduzido para “Crianças Contra a Crueldade Animal”). Por meio de ações de conscientização e mobilizações com a sociedade, o jovem artista tem por principal objetivo substituir a eutanásia pela adoção de cães e gatos abandonados por seus donos.

A organização atua no estado de Ohio, oferecendo assistência aos animais até que sejam adotados, e conta com forte apoio e divulgação nas redes sociais. Recentemente, a Kids Against Animal Cruelty ganhou repercussão em diversas agências de notícias internacionais, o que aumentou, mais ainda, o número de engajados na causa defendida pelo jovem artista.

Wegner tinha apenas 14 anos ao realizar as primeiras atividades em nome da vida dos animais, e, ao aumentar a adoção dos bichos, também se baseia nos princípios da sustentabilidade. Prova disso é um dos lemas da organização, que afirma ter como missão “promover a bondade entre as pessoas, os animais e o planeta”. Assim como revela o nome do grupo, as ações envolvem principalmente as crianças, além de outras celebridades norte-americanas.

Segundo informou o G1, além de ser músico, Wegner é conhecido por sua atuação no filme “Trouble with the Curve” (“Curvas da Vida”, em português), película de 2012, protagonizada por Clint Eastwood. Entre os jovens mais engajados nascidos nos EUA, também ganha destaque Mariah Smiley, fundadora do projeto Drops of Love. Aos 18 anos, a ativista constrói poços de água potável nas regiões mais secas e carentes do planeta.

Redação CicloVivo