Julho sem plástico
Foto: Cottonbro | Pexels

Para fomentar reflexões sobre o uso indiscriminado do plástico e nossos hábitos de consumo, o Instituto Alana, por meio do programa Criança e Consumo, promove a Semana Sem Plástico. A mobilização terá programação digital e gratuita, entre os dias de 27 a 31 de julho, como parte da campanha global #PlasticFreeJuly (Julho Sem Plástico).

O destaque da Semana é a estreia nacional do documentário “A História do Plástico” (The Story of Plastic), que ficará disponível para exibição on-line, entre 27 e 29 de julho. Dos mesmos realizadores do curta-metragem “A História das Coisas” (Story of Stuff), com direção de Deia Schlosberg, o filme ressalta a urgência em traçar novos caminhos para reverter a crise da poluição causada pela produção e consumo excessivo de plástico e apresenta os impactos globais relacionados à saúde do planeta e de seus habitantes.

No dia 29 de julho, como parte da programação da Semana, acontece um debate on-line sobre o filme “A História do Plástico“, que contará com recurso de intérprete de libras. Serão duas rodadas de conversa: a primeira, às 16h, terá como foco a necessidade de mudanças sistêmicas no campo das políticas públicas e privadas. Na sequência, às 17h, acontece a segunda rodada do debate, com um compartilhamento de experiências de atores da sociedade que estão na ponta da cadeia do plástico lidando com seu problema e buscando soluções para seu destino adequado.

Para encerrar a programação da Semana Sem Plástico, no dia 31 de julho, às 13h, será realizada uma conversa ao vivo sobre o lançamento da pesquisa “Infância Plastificada”, um estudo exclusivo encomendado pelo programa Criança e Consumo à UFSCar, que investiga a correlação entre publicidade infantil, consumo de brinquedos plásticos, descarte de plástico e os impactos na saúde infantil e no meio ambiente. Para apresentar os resultados, participam da conversa a Dra. Vânia Zuin, coordenadora da pesquisa, professora e pesquisadora da UFSCar (GPQV) e JP Amaral, mobilizador do programa Criança e Consumo.

julho sem plástico
Foto: Lawrence Makoona | Unsplash

“A proposta da Semana Sem Plástico é refletir sobre a forma de produção e consumo do plástico e a pesquisa ‘Infância Plastificada’ ressalta a necessidade de se buscar alternativas que reduzam os estímulos ao consumismo e seus impactos na infância e no meio ambiente, em especial devido à grande incidência de publicidade infantil de brinquedos, que são, em sua maioria, feitos de plástico.”, explica JP Amaral, mobilizador do programa Criança e Consumo.

A Semana Sem Plástico é realizado em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente no Brasil, UNESCO Brasil, Break Free From Plastic, Videocamp, Instituto Polis, GAIA e Aliança Resíduo Zero Brasil.

Para participar basta se inscrever aqui .

Criança e Consumo

Criado em 2006, o programa Criança e Consumo , do Alana, atua para divulgar e debater ideias sobre as questões relacionadas à publicidade dirigida às crianças, bem como apontar caminhos para minimizar e prevenir os malefícios decorrentes da comunicação mercadológica.

Instituto Alana

Instituto Alana é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, que aposta em programas que buscam a garantia de condições para a vivência plena da infância. Criado em 1994, é mantido pelos rendimentos de um fundo patrimonial desde 2013.