- Publicidade -

A Aman Setu é uma escola localizada na periferia de Pune, Índia, onde quase todas as partes das instalações são feitas de materiais reciclados, incluindo os telhados, que são feitos de paineis velhos, muros construídos a partir de garrafas plásticas e uniformes costurados à mão feitos de maneira eco-friendly, onde os elementos de um estilo de vida mais verdes são ensinados aos jovens estudantes. 

A escola fica em meio a campos em ambos os lados e é composta de duas estruturas de apenas um andar que abriga quatro salas de aula. 

Nesta instituição de ensino, o chão é feito de gesso e esterco de vaca, coberto com esteiras de vime. Os alunos usam livros repassados pelos mais velhos e cultivam seus próprios vegetais em um pequeno jardim. 

- Publicidade -

A janela da escola foi construída com lama, sacos de cimento velho e madeira reciclada. A escolha do material da construção é um testemunho do compromisso da escola para o princípio fundamental da sensibilidade ecológica.

O edifício foi construído com materiais encontrados apenas localmente, caixas recicladas, garrafas e até mesmo uma carcaça de ônibus, são itens que foram usados em grande medida.

Em Pune o aprendizado é experiencial. As crianças são cercadas por plantas e animais e aprendem com a natureza, através de um currículo projetado especialmente para essa realidade. A escola, chamada por eles de Ponte da Paz, representa o que eles esperam para as crianças que convivem ali, um futuro pacífico. Nesta escola é possível aprender a trabalhar, jogar e viver em harmonia com as outras crianças de classe social variável, religião e grupos linguísticos. A demografia cuidadosamente estruturada garante uma saudável mistura que representa a pluralidade do país. 

O currículo está organizado em temas interligados, que enfatizam os valores subjacentes de amor, paz, respeito, coragem, trabalho, responsabilidade e equilíbrio. O princípio fundamental é a crença de que estamos todos interligados e interdependentes, e que fazemos parte de uma realidade universal. O objetivo é proporcionar experiências de aprendizagem adequadas e oportunidades de desenvolvimento. 

Os professores planejam seu dia para cumprir seus objetivos usando o estímulo fornecido pelo ambiente natural e pelo ambiente da escola construído pelo homem. 

Carcaças de ônibus têm sido recicladas e renovadas para fazer um espaço de ensino interessante. O antigo ônibus do governo serve como uma sala de aula improvisada. Pneus descartados, garrafas e sacos plásticos estão em evidência e é importante demonstrar ideias e princípios para as crianças que estão usando estes materiais todos os dias. 

No final do período, um ônibus de transporte escolar comunitário pega as crianças e os professores. Nenhuma pessoa vai para a escola por meio de veículos particulares, economizando combustível e reduzindo a poluição. 

Em Aman Setu cada aluno é um indivíduo com seu próprio estilo de aprendizagem. O ensino é multissensorial para que cada criança possa aprender na sua própria maneira. Os talentos de um são procurados e nutridos. Acadêmico, artístico e desafios físicos são concebidos para assegurar que cada aluno se supere em pelo menos uma área. 

Um dos temas da escola é que lá as crianças aprendem a aprender. Isso significa que, além das informações e fatos esperados pelo examinador, cada criança sabe como e onde adquirir novas aprendizagens. Acima de tudo, alguém que tenha estudado na Aman Setu, quer aprender. Sua curiosidade, interesse, atitudes e habilidades tornam-o um eterno aprendiz.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter 

- Publicidade -