- Publicidade -

A sede do Banco Europeu de Investimentos (na sigla em inglês, EIB), localizada em Luxemburgo, ganhou recentemente o primeiro lugar no prêmio Emilio Ambasz de arquitetura sustentável para edifícios internacionais.

O edifício projetado pelo escritório alemão, Ingenhoven Architects , foi concluído em 2008. Feito em vidro tubular, ele foi premiado devido sua consciência ecológica, eficiência energética e pela disposição de seus escritórios, que promovem interação e comunicação. O edifício inovador possui muitos jardins de inverno e de verão e também garantiu a certificação de “Muito Bom” no programa de certificação britânico BREEAM (Building Research Establishment Environmental Assessment Method).

A sede do EIB é constituída por uma estrutura de metal com vidros em ziguezague de 170 metros de comprimento. O projeto é inovador pois não tem as características de um edifício coorporativo comum. Sua planta permite a flexibilidade dos escritórios e interação entre funcionários. Os 72.500 m2 de área construída tem espaço suficiente para 750 funcionários e possui um atrium interno, café, restaurante e conexão entre edifícios próximos.

- Publicidade -

Como o edifício é inteiramente coberto por vidro (13.000 m2), a luz do dia penetra no prédio por todos os ângulos. Janelas operáveis permitem que os funcionários controlem individualmente a abertura da janela, controlando a temperatura e iluminação. Um jardim de inverno, ao lado do edifício, funciona como um isolante térmico, eliminando o uso de aquecedor ou ar condicionado.

- Publicidade -