- Publicidade -

Os arquitetos coreanos Lee Dongjin, Park Jinkyu e Lee Jeongwoo criaram um arranha-céu denominado de Circular Symbiosis Tower ou Torre Circular Simbiótica. Trata-se de um pasto circular, que proporciona um ambiente saudável para o gado e produz carne suficiente para as pessoas. 

O consumo de carne hoje em dia é grande, e o sistema de produção destes alimentos é desenvolvido de acordo com seu consumo. Ao contrário do passado, quando gados ou porcos eram colocados no pasto, hoje em dia, eles são criados em “gaiolas”. 

Estas condições de vida geram graves problemas aos animais. Eles ficam seriamente estressados por estarem limitados em áreas densas. O hormônio do estresse, causado pelo mau confinamento, é absorvido pelo ser humano quando se alimenta desta carne. Os locais de confinamento também são poluídos, e por fim, as plantas modificadas do qual os animais se alimentam causam dificuldades na digestão fazendo com que antibióticos sejam administrados para prevenção de doenças. Deste modo, as más circunstâncias afetam também o homem. 

- Publicidade -

A melhor maneira de alimentar o gado é no pasto. Mas, o espaço não suficiente para criação de gado poderá gerar pouca oferta de carne, que pode ser compensada pela diminuição do consumo deste alimento. Por isso, os coreanos tiveram a ideia de criar a Torre Circular Simbiótica. 

O sistema de pasto circular trabalha em um princípio onde três pastagens de seres vivos crescem em um determinado ciclo. Primeiro, as vacas pastam na grama e assim que a fonte de alimento é esgotada, elas são transferidas para outro lugar para comer grama nova. Quando elas deixam o primeiro local, entram as galinhas. 

As galinhas cavam os excrementos das vacas a fim de encontrar minhocas para seu próprio alimento. Enquanto cavam e se alimentam, elas adubam a grama com um bom fertilizante. Depois de um tempo, quando o local não oferece mais o alimentos necessário, elas são movidas para o próximo local onde as vacas estavam se alimentando e assim sucessivamente. Ter vacas e galinhas vivendo em simbiose é um sistema efetivamente saudável para a grama e para os animais envolvidos. 

Pessoas que moram na cidade precisam de comidas saudáveis, mas elas geralmente não sabem a origem da maior parte dos alimentos, nem como são produzidos. A torre poderia conectar a saúde das pessoas e servir um bom ambiente para a cidade. 

A Torre Circular Simbiótica ainda é somente um conceito, mas quando construída deverá estar localizada em uma das metrópoles americanas, Chicago. Os Estados Unidos consomem muita carne, portanto é necessária uma alta produção, mas ao mesmo tempo existem preocupações sobre os problemas da pecuária industrializada. Os arquitetos estão convencidos de que esta torre poderá ser uma maneira de resolver esses tipos de problemas. 

Nos últimos anos surgiram muitos projetos para agricultura vertical, mas a Torre Circular Symbiosis é o primeiro arranha-céu que propõe uma fazenda vertical para animais. O principal conceito é a criação de um novo habitat para criar gado dentro da própria cidade.

Redação CicloVivo

Siga as últimas notícias do CicloVivo no Twitter

- Publicidade -