Para evitar o hábito constante do uso de copos descartáveis para o café, os irmãos Jamie e Abigail Forsyth desenvolveram o copo reutilizável: KeepCup. O design do produto é similar aos copos descartáveis usados nas cafeterias de diversos países, geralmente quando a bebida é embalada para viagem.

Mesmo com a semelhança na aparência e aplicação, o KeepCup é muitos mais sustentável, pois é fabricado com material 100% reciclável. Ele também tem o poder de deixar o conteúdo quente por mais tempo. A tampa do produto assemelha-se às tampas de garrafinhas plásticas.

Comparando o KeepCup com um copo de papel descartável normal, há uma redução de 64% e 85% no uso de água para produção. Além disso, há uma redução de 91% em descarte desses materiais.

O copo reutilizável foi lançado na Austrália em 2009 e já estima-se que pelo menos 800 mil árvores foram preservadas. A produção sustentável também garantiu que cerca de 26 mil toneladas de resíduos de copos não chegaram ao meio ambiente.

Segundo informa o site dos fabricantes, 35 copos descartáveis ​​equivale a um KeepCup tamanho grande. Este número é baseado em um estudo realizado no Centro de Design da Austrália, antes do produto ser desenvolvido. A pesquisa resultou em uma Análise do Ciclo de Vida (ACV) de forma simplificada.

O site também afirma que, anualmente, 500 milhões de copos descartáveis ​​são fabricados ao redor do mundo.

Cada KeepCup é fabricado a partir do material polipropileno. Além do polietileno, silicone e poliuretano termoplástico, que são usados ​​para a tampa, a faixa térmica e fecho, respectivamente. O processo de fabricação ainda é de baixa energia incorporada.

Outra vantagem é que o KeepCup pode ser usado no microondas, lava-louças e é compatível com a maioria dos porta-copos de carro e bicicleta. O produto está disponível em várias cores e tamanhos nos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália.

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.