- Publicidade -

O escritório italiano Mario Cucinella projetou um prédio inteligente em Argel, capital da Argélia, capaz de captar as variações climáticas do deserto e a ventilação natural para climatizar os ambientes internos da construção. Inspirado nos aspectos geográficos do país e na arquitetura local, o projeto foi escolhido para abrigar a sede de uma agência de telecomunicações argelina.

A construção inteligente conta com duas fachadas: uma é direcionada para o norte e responsável por desviar os ventos quentes do deserto. A outra, instalada na face sul, captura os ventos frios que sopram durante a noite, climatizando os ambientes internos e colaborando para a ventilação natural durante o dia todo.

O projeto tem o formato inspirado em uma duna de areia, que causa a impressão de que a estrutura foi modificada pela ação natural dos ventos. Além disso, a construção também mescla elementos tradicionais da arquitetura local – como o arco em forma de ogiva – inspirado nas construções clássicas do Mediterrâneo.

- Publicidade -

O projeto foi planejado cuidadosamente, para que nenhum ambiente ficasse fora da trajetória do sol ao longo do dia. Assim, além de aproveitar a ventilação natural, a construção também utiliza a iluminação do sol para reduzir os gastos com energia elétrica. A nova sede da agência de telecomunicações será instalada em uma rodovia nas proximidades do parque urbano Bab Ezzouar, na capital da Argélia. 

Com informações do Inhabitat.
Redação CicloVivo

- Publicidade -