O arquiteto Eugene Lubomir utilizou a experiência adquirida durante o tempo em que passou na China, Argentina e Itália, para desenvolver um sistema de moradias compactas para a cidade de Nova York. A proposta consiste em construir apartamentos em áreas similares a uma garagem.

A ideia de Lubomir foi apresentada no concurso de planejamento urbano e residencial de Nova York, realizado pelo prefeito Michael Bloomberg. O intuito do trabalho é oferecer opções de moradia mais baratas e no centro da cidade, capazes de abrigar pessoas que moram sozinhas.

É comum que grandes cidades sofram com a falta de espaço para construir novas residências. Assim, surgem as opções de casas ou apartamentos compactos. Nos Estados Unidos este modelo nem sempre foi visto com bons olhos, no entanto hoje ele se mostra como uma boa alternativa, que para ter sucesso depende muito da estrutura disponível ao seu redor.

A sugestão para Nova York é construir os apartamentos, apelidados de upLIFT, no centro da cidade, para que os moradores estejam perto de diversas facilidades e estruturas já existentes, como estações de metrô, escritórios, entre outras coisas. Os apartamentos poderiam ser construídos em pequenas áreas, atualmente ocupadas por estacionamentos.

O visual futurista é completado pelo uso de placas fotovoltaicas, que fornecerão energia limpa aos moradores, e pela utilização de fachadas equipadas com jardins verticais. De acordo com o arquiteto, toda a estrutura para a construção de um apartamento pré-fabricado poderia ser transportada em um caminhão, demonstrando a redução nos gastos com materiais e transporte. Com informações do TreeHugger.

Redação CicloVivo

Avatar
Arquiteta e urbanista com formação em desenvolvimento sustentável pela University of New South Wales, em Sidney, Austrália. Fundou o CicloVivo em 2010 com a proposta de falar sobre sustentabilidade de forma divertida e descomplicada. Acredita que o bom exemplo é a melhor maneira de influenciar pessoas e que a simplicidade é a chave para vivermos em harmonia.