Inicio Desenvolvimento Trump elimina Plano de Ações Climáticas e diz que investirá em petróleo

Desenvolvimento

Trump elimina Plano de Ações Climáticas e diz que investirá em petróleo

A decisão corta a verba destinada às pesquisas e medidas de combate às mudanças climáticas.

23 de janeiro de 2017 • Atualizado às 13 : 14

As políticas divulgadas pelo presidente Donald Trump vão na contra mão da tendência mundial em estabelecer normas de baixo carbono. | Foto: Foto: Gage Skidmore/Wikimedia Commons

Trump elimina Plano de Ações Climáticas e diz que investirá em petróleo
6.12K
0

O presidente eleito nos EUA, Donald Trump já assumiu a Casa Branca. Após uma campanha eleitoral cheia de polêmicas, ele já colocou em prática algumas das promessas pré-madato. Uma delas é o corte na verba destinada às pesquisas e medidas de combate às mudanças climáticas.

As principais propostas de governo já foram publicadas no site da Casa Branca e o setor energético é um dos que mais passaram por mudanças.  Durante a gestão Obama, os norte-americanos haviam ganhado o “Plano de Ações Climáticas” que estabelecia, entre outras coisas, limites para as emissões de gases de efeito estufa, o incentivo às energias renováveis e outras políticas de desenvolvimento econômico de baixo carbono.

No entanto, este foi um dos primeiros cortes do novo governo. O informativo oficial da Casa Branca dá a entender que o programa era uma ação onerosa, burocrática e desnecessária, substituído pelo novo “Primeiro Plano de Energia da América”. “Durante muito tempo, nós tivemos a nossa indústria energética limitada por regulamentos onerosos. O presidente Trump está empenhado em eliminar políticas prejudiciais e desnecessárias, como o Plano de Ações Climáticas e as legislações do programa Águas para os EUA. Eliminar essas restrições ajudará muito os trabalhadores americanos, aumentando os investimentos em US$ 30 bilhões para os próximos sete anos”, diz a página do novo programa.

Além de paralisar boa parte dos investimentos em energia limpa e renovável, a nova gestão quer focar seus esforços na exploração de petróleo e gás, duas fontes altamente poluentes. “Uma política de energia sólida começa com o reconhecimento de que temos vastas reservas energéticas domésticas inexploradas aqui mesmo na América. A Administração Trump vai abraçar a revolução do petróleo, gás e xisto, para trazer prosperidade para milhões de americanos. Devemos aproveitar os estimados US$ 50 trilhões em reservas de xisto, petróleo e gás natural inexploradas, especialmente aquelas em terras federais que o povo americano possui.”

As políticas divulgadas pelo presidente Donald Trump vão na contra mão da tendência mundial em estabelecer normas de baixo carbono como estratégia para frear o aquecimento do planeta e suas consequências.

Clique aqui para ler o novo programa energético do governo norte-americano completo.

Redação CicloVivo

 

 

(6115)

logo
Fechar
Abrir
logo