Ícone do site

Scooter elétrica com para-brisa é desenvolvida pela Honda

Com o modelo, é possível seguir o caminho com mais segurança.

Published 09/11/2021
Scooter Honda

Foto: Honda | Divulgação

Já disponível para compra no Japão, o “Gyro Canopy: e” é o mais recente modelo apresentado pela Honda para disputar o mercado de scooters elétricos. Entre as particularidades, chama a atenção a capa protetora, embutida no veículo, para dias de chuva. 

A versão possui três rodas e bateria removível. O chamado “Power Pak” é composto por duas baterias que somam 2,6 kWh. Desta forma, o condutor tem mais liberdade para percorrer longas distâncias – substituindo a bateria quando for necessário. Com potência máxima de 580 W, a scooter pode alcançar velocidade de até 77 km/h. 

Logicamente, em algum momento será necessário recarregar a bateria. Quando for o caso, demora cerca de cinco horas para a bateria sair de zero à carga total.  

O modelo também possui faróis com design hexagonal e LEDs, que contribuem para a economia de energia.

Outra novidade da Gyro Canopy:e fica por conta do “teto removível”: uma espécie de para-brisa que protege o motociclista da chuva. Com a scooter, é possível seguir o caminho com mais segurança, não tendo a visão obstruída por gotas de água.

Voltado para uso comercial (como entregadores que trabalham para sites e/ou aplicativos), o modelo facilita um trabalho “mais silencioso e limpo que não emite CO2”, afirma a fabricante japonesa. O preço de varejo sugerido pela Honda é de 715 mil ienes, equivalente a 35 mil reais (valor cotado em 9/11/2021). Preço bem mais elevado do que a U-BE, scooter elétrica lançada pela Honda, há poucos meses, na China.

Não há previsão do modelo chegar ao Brasil.