Produzir alimentos durante o inverno sueco não é uma tarefa simples. Manter uma residência aquecida de maneira natural, enquanto os termômetros marcam graus negativos, também não é. Para resolver os dois problemas, o casal Marie Granmar e Charles Sacilotto criaram uma estufa gigante, que envolve toda a casa em que moram com a família.

Apesar de parecer inovadora, envolver uma casa em vidro para garantir aquecimento natural não é uma técnica muito recente. O conceito foi criado pelo arquiteto Bengt Warne, na década de 70. Marie e Sacilotto garantem que o sistema continua a ser muito eficiente.

Em entrevista ao site Fair Companies, Sacilotto, que é engenheiro, explicou que, em janeiro, quando é inverno na Suécia, a temperatura externa era de, em média, – 2ºC, enquanto dentro de casa os termômetros marcavam de 15 a 20ºC. Esse conforto permite que o filho do casal brinque tranquilamente, como se estivesse ao ar livre.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A intenção da família, quando eles tiveram a ideia de usar este sistema natural para isolar a residência, era encontrar um terreno de construir a casa e a estufa juntas. No entanto, eles acabaram optando por uma casa já pronta e investiram no projeto de criação da estufa em volta da residência. A estrutura é toda feita em vidro com 4 milímetros de diâmetro, que o engenheiro considera totalmente segura.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Além de garantir o conforto térmico dos moradores, essa opção também permite que eles plantem alimentos que não se adaptariam e não sobreviveriam facilmente ao inverno rigoroso europeu. Com a proteção de vidro, eles plantam: tomates, figos, uvas pepinos, ervas, temperos, entre outras coisas.

A família ainda faz a compostagem dos resíduos orgânicos, que são usados como adubo no plantio, reaproveita a água da chuva e usam um sistema natural para purificar o efluente.

Veja abaixo um tour pela casa:

Redação CicloVivo