Inicio Meio Ambiente Parque em SP é exemplo de regeneração da Mata Atlântica

Meio Ambiente

Parque em SP é exemplo de regeneração da Mata Atlântica

O parque se tornou uma prova de que é possível recuperar a floresta e proteger a fauna e flora.

21 de março de 2016 • Atualizado às 16 : 39

O Parque das Neblinas é uma opção para quem quer entrar em contato com a natureza sem se afastar de São Paulo. | Foto: Instituto Ecofuturo/Divulgação

Parque em SP é exemplo de regeneração da Mata Atlântica
6.88K
0

Em 21 de março é celebrado o Dia Internacional das Florestas, estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU). Aproveitando a data, a OSCIP Ecofuturo, mantida pela Suzano Papel e Celulose, conta a história do Parque das Neblinas. Trata-se de um exemplo de regeneração natural da Mata Atlântica, localizado entre os municípios de Mogi das Cruzes e Bertioga (SP).

Hoje, quem visita o Parque das Neblinas, reserva particular com 6,1 mil hectares, gerida pelo Instituto Ecofuturo, não imagina que nas décadas de 1940 e 1950, boa parte da vegetação original foi transformada em carvão, destinado à siderurgia e, em seu lugar, eucaliptos foram plantados para o mesmo fim, sendo posteriormente usados para a fabricação de celulose.

Porém, no fim da década de 1980, teve início a introdução de diferentes técnicas de manejo florestal e estratégias de restauração da vegetação nativa, incorporadas à produção do eucalipto, com foco na conservação da biodiversidade, do solo e de recursos hídricos, possibilitando expressivos ganhos ambientais.

Dessa forma, o Parque se tornou uma prova de que é possível recuperar a floresta e proteger a fauna e flora. Atualmente, a área possui mais de 1.400 espécies da biodiversidade identificadas e foi reconhecida pelo Programa Homem e Biosfera da Unesco como posto avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

Localizado ao lado do Parque Estadual da Serra do Mar, o Parque das Neblinas está aberto à visitação e é uma opção para quem quer entrar em contato com a natureza sem se afastar muito de São Paulo. Entre as atividades, há cinco opções de trilhas autoguiadas e passeio de caiaque nas águas cristalinas do rio Itatinga, no qual os visitantes podem contemplar a floresta por outro ângulo.

Desde que foi aberto ao público, em 2004, o local já recebeu mais de 30 mil pessoas. Além de visitação e manejo florestal, são desenvolvidos programas de pesquisa científica, conservação da biodiversidade, educação socioambiental e participação comunitária.

O agendamento das visitas deve ser feito com antecedência, pelo tel. 4724-0555, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, ou no e-mail parquedasneblinas@ecofuturo.org.br. O valor é a partir de R$ 40 e varia de acordo com as atividades e alimentação contratadas.

10672375_1227699397246786_1761717972655413095_n

| Foto: Instituto Ecofuturo

12377708_1191948744155185_302146818470386347_o

| Foto: Instituto Ecofuturo

| Foto: Instituto Ecofuturo

| Foto: Instituto Ecofuturo

(6884)

logo
Fechar
Abrir
logo