Inicio Cidadania Fazenda urbana fornece alimentos frescos e grátis à comunidade de Seattle

Cidadania

Fazenda urbana fornece alimentos frescos e grátis à comunidade de Seattle

Tudo o que é produzido dentro do projeto é compartilhado com toda a comunidade.

31 de janeiro de 2017 • Atualizado às 09 : 40

O espaço é mais do que uma horta comunitária. | Foto: Reprodução

Fazenda urbana fornece alimentos frescos e grátis à comunidade de Seattle
4.63K
0

As horas comunitárias estão cada vez mais populares em todo o mundo. Os projetos de agricultura urbana variam de acordo com as necessidades locais, mas todos têm em comum a mudança proporcionada em todo o bairro. O Beacon Food Forest (BFF), em Seattle, EUA, é um desses bons exemplos.

O projeto de uma fazenda urbana começou através de um trabalho de estudantes, aos poucos, o local atraiu a comunidade e se tornou referência em produção de alimentos, espaço cultural e área de convivência. A ideia surgiu em 2009 com quatro alunos e hoje já são quase 200 voluntários atuando ativamente.

Toda a estrutura foi baseada em conceitos de permacultura, com o intuito de proporcionar um espaço comunitário que promovesse melhoras na saúde pública, ajudasse a preservar os ecossistemas e a recuperar espaços inutilizados dentro da cidade. Os princípios que movem o BFF servem para qualquer comunidade no mundo.

Com a aprovação das autoridades locais, o grupo inicial conseguiu a liberação de uma área pública de 2,8 hectares. O espaço é mais do que uma horta comunitária, além de legumes e verduras comuns, ele concentra diversos tipos de árvores frutíferas locais e de diferentes regiões do mundo, camas de plantio separadas por famílias e um centro comunitário usado para aulas, workshops e eventos culturais.

Tudo o que é produzido dentro do BFF é compartilhado com a comunidade e não é necessário pagar para ter alimentos frescos e orgânicos produzidos localmente. Para que isso seja possível, o projeto conta com a ajuda de parceiros, uma verba pública e doações voluntárias. Com esse capital é possível manter o plantio e ministrar aulas para ensinar outras pessoas a plantarem alimentos ou replicarem o projeto em outros locais.

Clique aqui para saber mais sobre o Beacon Food Forest.

Redação CicloVivo

(4629)

logo
Fechar
Abrir
logo